15 agosto 2011

Resenha: O Mundo de Vidro - Maurício Gomyde

Título Original: O Mundo de Vidro
Autor: Maurício Gomyde
Editora: Porto 71

Sinopse: Até onde pode ir a paixão de uma pessoa por outra? Como, quando e por que começa? Até que ponto pode-se cometer alguma loucura para fazer parte da vida de alguém? Quais as consequências da paixão avassaladora incompreendida? Nesse seu primeiro e hilariante romance, Maurício Gomyde retrata o cotidiano de um cidadão normal como tantos que se vê por aí em qualquer canto, tentando responder estas aparentemente simples perguntas. Passeando com extrema facilidade tanto pela linguagem refinada e sutil quanto pela tosca, Maurício Gomyde nos brinda com um livro de leitura fácil e extremamente agradável.

Resenha: Ganhei esse livro no início desse ano por uma promoção feita pelo próprio autor no skoob e ele veio autografado! Quando vi isso fiquei imensamente feliz. Enrolei um pouco para ler o livro passando alguns outros na frente dele e me arrependo profundamente por ter demorado tanto para lê-lo. O livro é incrível!

Conta a história D'Ele, um homem sozinho, que não possui um emprego muito bom e D'Ela, que pelo contrário está noiva e possui uma ótima vida social e um bom emprego. Ambos não têm nada a ver um com o outro e nem ao menos se conhecem. Até que Ele decide pegar o metro em um horário diferente e acaba por conhecê-la e se apaixona. Ele faz várias e várias coisas para se manter perto dela, como matricular-se em um curso que ele sequer sabe do que se trata.

O autor em momento algum revela o nome dos personagens principais o que torna a história ainda mais interessante. Sabemos tudo sobre os personagens, vida social, emprego, aparência, tudo!; menos os nomes. É ou não é uma história original? Achei que todo esse mistério em torno do nome dos personagens deu um charme a mais ao livro.

Além de tudo a história é divertida e empolgante, um romance super fofo e muito bem escrito. Algumas coisas simples do livro me faziam dar altas gargalhadas, me diverti bastante com a história.Vale a pena conferir esse livro!

Quem quiser saber um pouquinho mais sobre o autor é só entrar aqui.

14 comentários:

  1. Tenho muita curiosidade em ler esse livro!
    Adorei isso dele não citar nomes, acho que torna possível imaginar quaisquer pessoas nessa situação!
    O livro parece ser fofo e ótimo de ser lido!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha Naty! Estou ansiosa para ler O Mundo de Vidro. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Ahh quero muito ler O Mundo de Vidro também! Além de ter adorado a capa, é literatura nacional e a história parece ser super fofa! Interessante o fato do autor não colocar nome nos seus personagens, não sabia desse fato e fiquei curiosa pra saber como ficou! Bjo!

    ResponderExcluir
  4. Eu também ganhei o livro na promoção do próprio autor do skoob, assim que terminar os que eu estou lendo com certeza vou passá-lo na frente!
    Adorei a resenha, é legal a gente reconhecer o talento dos nossos autores!
    Beijinhos
    -Michelle (Minha Bagunça)

    ResponderExcluir
  5. Estou para receber esse livro. Acabei de fechar a parceria com o autor ^^ Adorei a resenha!
    Beijos
    Geê - algodisso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Gostei da resenha, o livro ainda está aqui para eu ler, mas cadê a coragem? Mas com sua resenha acho que vou ler em breve! Espero, sempre aparece outro livro e o deixo de lado, não queria que fosse assim, mas está sendo. hasuhas
    beijos
    Parabéns pela resenha ;)
    Delírios de Salomé
    @salomefernandes

    ResponderExcluir
  7. Não sabia da existência desse livro... Mas pelo o que vc falou parece incrível. Vou procurá-lo, adoro descobrir os autores brasileiros.

    Amigas Entre Livros...

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito da sua resenha!
    Este livro é o próximo da minha lista de leitura! :D

    Estou ansiosa pra saber como é ler sem ter o nome dos personagens citados.


    Bia | Blog Livros e Atitudes

    ResponderExcluir
  9. Não gosto quando não citam os nomes dos personagens. Pelo menos não quando isso fica forçado. Uma coisa é não citar nome, outra é naturalmente não citar nomes - muitos contos fazem isso, e fica agradável de todo jeito. O leitor nem percebe. Então, nesse livro, é forçado ou natural? o que vc sentiu na leitura?

    ResponderExcluir
  10. Sou louca pra ler esse livro, todos falam tão bem dele e sempre é bom apreciar os trabalhos dos nossos autores brasileiros.
    beeeijos!
    http://behindenemyline8.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Tô esperando receber esse livro e não vejo a hora de lê-lo! Parece ter uma história super linda e espero que eu goste :D
    Ótima resenha!

    beijos!
    www.desejoliterario.com

    ResponderExcluir
  12. gostei da resenha,achei diferente não citar os nomes dos personagens, mas fiquei curiosa para lê-lo.
    beijos

    ResponderExcluir
  13. oooi! eu nao conhecia o livro, até que vi sua resenha, *-*
    achei bem original mesmo ele nao citar nomes das personagens!!
    Parabéns, ótima resenha
    beijos.

    ResponderExcluir
  14. Que legal, você também leu esse livro! *-*
    Embora eu não tenha gostado tanto assim como você, achei a leitura super válida. E mais ainda o fato de os personagens não terem nomes, pois deixa a história atual, fazendo com que cada leitor se identifique de alguma forma.
    Gostei bastante da resenha! Parabéns pelo blog.

    Beijos,
    Lis

    ResponderExcluir

Terminou de ler o post? Aproveita para deixar seu comentário, é rapidinho! Os comentários são moderados portanto é necessário aguardar para que ele aparece por aqui. Obrigada!

Copyright © 2015 Just Books | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo