27 fevereiro 2012

Resenha: A Pirâmide Vermelha - Rick Riordan

Já era para ter postado essa resenha há um tempão, na verdade achei que já tivesse postado, mas acabei de encontrá-la no meio dos rascunhos... Ah, estou pensando em fazer top comentaristas mês que vem, o que vocês acham? Participariam? 


Título Original: The Red Pyramid
Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca

Sinopse: Desde a morte de sua mãe, Carter e Sadie viveram perto de estranhos. Enquanto Sadie viveu com os avós, em Londres, seu irmão viajava pelo mundo com seu pai, o egiptólogo brilhante, Dr. Julius Kane.

Uma noite, o Dr. Kane traz os irmãos juntos para uma experiência de “pesquisa” no Museu Britânico, onde ele espera para acertar as coisas para sua família. Ao contrário, ele liberta o deus egípcio Set, que expulsa-lo ao esquecimento e forças das crianças a fugir para salvar suas vidas.

Logo, Sadie e Carter descobre que os deuses do Egito estão acordando e, o pior deles – Set – tem a sua visão sobre o Kanes. Para detê-lo, os irmãos embarcam em uma perigosa viagem em todo o mundo – uma busca que traz os cada vez mais perto da verdade sobre sua família e seus vínculos com uma ordem secreta que existiu desde o tempo dos faraós.

Resenha: Rick Riordan é sem dúvida um de meus escritores favoritos. Percy Jackson é uma série fantástica onde aventura e ação não faltam. Nesse livro isso se repete só que dessa vez ao invés de ser mitologia grega, Rick Riordan nos transporta para o mundo da mitologia egípcia.

Sadie e Carter perderam a mãe muito novos e foram obrigados a se separarem. Enquanto Sadie ficava em Londres na casa do avós, Carter ficou com o pai Julius Kane. Eles só podem visitar Sadie uma vez por ano e a partir de uma dessas visitas que o livro é narrado. Julius leva seus dois filhos ao Museu Britânico e lá ele examina a Pedra de Roseta, mas acaba libertando Set um deus egípcio nem um pouco amigável.

O pai dos irmãos Kane é capturado e eles acabam por embarcar em uma viagem e precisam salvar não só ao pai deles, como ao mundo. Eles contam com a ajuda de outros deuses egípcios, como a Bastet, que antes era apenas a gata de estimação de Sadie.

Na retrospectiva literária eu coloquei esse livro no quesito de decepção. Quem leu, lembra disso. Faz um tempo que li o livro, mas não tinha postado a resenha ainda então não deu para entenderem o porque de tê-lo classificado dessa forma. Bom, eu gostei do livro, sinceramente gostei. Como já disse o Rick é um dos melhores escritores e as histórias dele são ótimas. Essa história, em questão, apenas não me conquistou da forma que eu esperava.

Tem uma grande dose de aventura e ação sim, mas não tanto quanto esperava. Os personagens são bem estruturados, e a narrativa é ótima alternando entre Carter e Sadie, narrando a história da forma de cada um. As narrações de Sadie foram as que mais gostei, a personagem me conquistou mais que Carter, acho que por ser mais impulsiva. Mas faltou algo mais, eu não sei dizer o que exatamente, não fiquei com a mesma ansiedade por mais como fiquei com Percy Jackson ou com O Herói Perdido.

Acho que talvez eu tenha criado muitas expectativas em cima do livro e no fim das contas acabei me decepcionando. Pode ser que tenha me decepcionado por conta de ser algo bem diferente de Percy Jackson e eu acabei... comparando demais e não gostando. Enfim, mesmo ele não tendo me prendido como esperava, irei ler a continuação e esperar sinceramente que eu goste mais dela.

17 comentários:

  1. Eu nunca li nada do Rick, mas tenho esse livro em casa.
    Mas nunca me chamou atenção pra ler sabe. E olha que adoro mitologia.
    Sabendo que vocêse decepcionou, já vou com menos sede ao pote...rs
    E engraçado, eu jurava que Carter era menino...rs esses autores tem cada nome para personagem, vou te contar.
    BJos

    ResponderExcluir
  2. aqui Naty: "a personagem me conquistou mais que Carter, acho que por ser mais impulsiva"
    está a personagem, por isso pensei que era menina...hsuahushauhsuhauhsu
    bem que eu estranhei.
    bjos

    ResponderExcluir
  3. Oi Naty, ultimamente venho tentando nao criar muitas expectativas em cima de livros, pois sempre que eu fico naquela esperança de que o livro vai ser tuuudo, acabo me decepcionando um pouco ;~

    Porém Tio Rick é o cara, né?
    Entao confesso que tenho esperança que o livro seja bom!

    Beijocas
    Rapha ~Doce Encanto

    ResponderExcluir
  4. Oi Naty, tudo bom?
    Eu tenho esse livro na minha estante, ams ainda não cheguei a ler, que pena flor que você não gostou tanto assim do livro, já ouvi falar muita coisa sobre ele, mas ainda quero ler.
    Dizem que o segundo é melhor!
    Torcer né?!
    Território das garotas
    @territoriodg
    Bjss *-*
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Ah, esse foi o primeiro livro que li desse autor, e ao contrario de você não me decepcionei, muito pelo contrario é um dos meus preferidos. Porém gosto é gosto né, parabéns pela sinceridade.

    Beijos&beijos
    Book is life

    Responder