12 maio 2012

Meu Melhor Amigo

Meu amigo amigo da escola é um macaco... caco... caco... caco!
Meu amigo amigo da escola é um macaco... caco... caco... caco! ♪ 

 Ok,  perdoem-me por cantar essa música, mas é que o título da postagem me lembrou esse desenho e eu tive que registrar. Mas fiquem tranquilos o post não tem nada haver com desenhos ou... macacos. Na verdade decidi escrever esse post depois de receber uma dica totalmente indireta de um amigo.

Na semana passada estive com alguns problemas - não, eu não vim relatar meus problemas para vocês, podem relaxar! - e a melhor saída que encontrei, já que eles não tinham solução no momento, foi pegar um livro para ler e acabei por perceber que essa é uma atitude que tomo em vários momentos. Quando estou triste ou chateada, pego um livro para ler, quando estou feliz e não posso compartilhar isso com outra pessoa, pego um livro para ler, sempre que me surge algum problema a minha melhor alternativa é sempre essa: pegar um livro para ler.


Não sei se isso é só comigo, mas espero que não seja. Eu procuro dar um tempo aos meus problemas mergulhando na vida de outras pessoas, vivendo outras histórias, conhecendo outras dores, faz parecer que os meus problemas não são nada e gosto dessa sensação. Quando estou feliz procuro ler livros que me façam ter esse mesmo sentimento, de felicidade, é como se eu multiplicasse a minha.

Quando leio eu posso ir há vários lugares diferentes, posso estar numa casa, num barco, numa cabana, numa floresta ou num ônibus. Posso conhecer a China, a Índia, a Inglaterra ou mesmo o Brasil. Posso conhecer diversos tipo de pessoas desde as mais honestas até as mais traiçoeiras, as mais sarcásticas e mais felizes, as mais deprimentes e mais sossegadas. Posso conhecer personagens que tenham as mesma características que eu ou que um amigo próximo, posso me identificar com as situações em que eles vivem e passo a pensar o que faria no lugar deles. Sei que isso tudo pode parecer um pouco clichê, é algo que todo leitor sempre diz, mas quem é que disse que um clichê é sempre ruim?


Não existe sensação melhor do que a de folhear um livro, cheirá-lo quando está novo, cheirá-lo quando as páginas já estão amareladas e gastas. Fechá-lo para absorver uma parte da leitura e abri-lo novamente para continuar. Chorar e se emocionar, rir e se felicitar com as histórias, imaginar, aprender e conhecer.

Os livros são sem dúvida a melhor coisa que existe na minha vida, as pessoas vivem a perguntar porque gosto tanto de ler e a minha resposta direta sempre é "porque gosto", mas cheguei a conclusão de que posso alterar essa resposta.

Direi agora que leio porque o livro é o único que me apoia, que me conforta, que me ouve, que me ensina, que me aconselha, que me ajuda, direi que leio porque o livro é o meu melhor amigo, único que nunca me abandonará.


11 comentários:

  1. Belo post! E é bem isso, o livro é perfeito, a coisa mais perfeita para mim, e eu também leio livros quando estou em alguma situação que não quero ou não posso compartilhar com ninguém, seja ela boa ou ruim, não imagino mais minha vida sem livros! >.<

    ResponderExcluir
  2. Nossa, adoro essa música *OO* , adoro o desenho também. Você está coberta de razão, o livro sempre vai ser nosso melhor amigo, infelizmente pessoas vem e vão, mas o livro não, ele tá ali presente em qualquer momento, ele faz rir, chorar, sentir raiva, e todo o tipo de emoção. É muito bom poder sentir o livro, abraçar aquele personagem que está escondido nas páginas, chorar com ele, ri com ele,,, É um livro que nos salva dos piores momentos, ele nos leva para um universo totalmente oposto que nos faz esquecer desse sofrimento e nos torna uma pessoa melhor.

    Adorei o post Naty *-*.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ahhhhhhh que texto lindo amiga! Acho que é a primeira vez, que eu leio um texto seu tão pessoal, tão cheio de emoção, tão você! kkkkk (♥)
    Eu gostei muito do seu post eu achei ele muito interessante, muito verdadeiro, muito bonito e concordo com muitas coisas que tu disse nele! Ahhhhhh eu amei a música do começo do post eu também assistia esse desenho e amava essa música! kkkkkkk
    Mil Beijos! (♥)
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Naty
    Que belo post,com certeza o livro também é meu melhor amigo ,tem horas que olho para eles e penso que só eles me entendem,e que sempre estaram comigo.
    Com certeza podemos sempre contar com eles para nos fazerem rir,chorar, nos emocionar.
    mil bjs

    ResponderExcluir
  5. ADOREI a postagem! Também AMO ler!!!
    Já seguindo o blog!!!!!!!!!!
    Convido-a para seguir:
    eternamente-princesa.blogspot.com

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Adorei o post. *-* achei super lindo
    e acredito que isso se encaixa em minha vida tmbm
    o livro é meu amigo, meu parceiro, meu amante
    aquele que tem os segredos de minha vida
    ou apenas aquele que transmite os meus sentimentos
    simplesmente um dos melhores post que já li
    sobre esse eterno vicio ♥

    ResponderExcluir
  7. Às vezes quando eu quero não pensar em algo que me deixa triste eu pego um livro pra ler também. Eles sempre conseguem me distrair!
    Sem dúvida, é uma companhia maravilhosa!

    ResponderExcluir
  8. Estou te enviando o selinho e indiquei o seu blog.
    http://somos-adolecentes.blogspot.com.br/2012/05/selinho-ou-meme.html

    ResponderExcluir
  9. Li esta postagem adorei, kkkk não apenas por coincidência, mas também olha... um tempo eu viciei na música Meu amigo da escola é um macaco kkkkk

    Me identifico muito com a forma que vc descreveu o que sente, eu também sou assim , O livro é o modo de sabermos que não estamos sós !!!

    ResponderExcluir
  10. Ah, muito bom o post :) Sou exatamente como você, não há nada melhor do que ler um livro nos momentos difíceis, eu particularmente sempre procuro fazer isso, e confesso que me ajuda de uma forma incrível. Você disse tudo no último paragrafo, realmente os livros são nossos melhores amigos. Enfim, adorei o post.

    Beijos&beijos
    Book is life

    ResponderExcluir
  11. Adorei o post! *-*
    E concordo com você viu. Há tanta gente no mundo, mas as vezes a gente ainda se sente tão só, porque ninguêm nos escuta o bastante, ninguêm apoia nem conforta a gente o bastante. E quando a gente pega um livro, parece que a gente acaba de abrir um mundo bem na frente no nosso nariz. E isso é tão emocionante, mesmo feito tantas vezes que a gente nem lembra mais quantas, e ainda continua sendo emocionate.

    Beijossss e fique muito bem com seus melhores amigos viu *-*
    http://bibliotecaaconchegante.blogspot.com

    ResponderExcluir

Terminou de ler o post? Aproveita para deixar seu comentário, é rapidinho! Os comentários são moderados portanto é necessário aguardar para que ele aparece por aqui. Obrigada!

Copyright © 2015 Just Books | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo