02 outubro 2012

Resenha: Um Lugar Pra Ficar - Deb Caletti

Título Original: Stay
Autor: Deb Caletti
Editora: Novo Conceito


Sinopse: O relacionamento de Clara com Christian é intenso desde o começo e diferente de tudo o que ela já havia experimentado. No entanto, o que começa como um grande afeto rapidamente se transforma em obsessão, e já é muito tarde quando Clara percebe que as coisas foram longe demais e que Christian está disposto a fazer de tudo para ficar ao seu lado. Então, Clara parte da cidade e Christian fica para trás. Ninguém sabe onde ela está, mas, mesmo assim, Clara ainda luta para se livrar do medo. Ela sabe que Christian não vai permitir que ela suma tão facilmente. Não importa para onde ela vá, nunca será longe o bastante...

Resenha: Clara e Christian se conheceram durante uma partida de futebol que assistiam e desde então surge um romance lindo e intenso entre os dois. Foi um amor tão a primeira vista que não conseguiu me convencer. A questão é que Christian acaba se mostrando um cara extremamente obsessivo e ciumento e Clara acaba tendo que se mudar para fugir do namorado. 

Primeiras impressões podem ser traiçoeiras. Podem ser corretas e acertar na mosca, ou podem ser perigosas e causar dor e sofrimento.

A narração se alterna entre o passado onde Clara relembra seu namoro com Christian e o presente, onde ela está se mudando com o pai para uma cidade pequena. O começo do livro me pareceu um pouco confuso, mas logo entrei na história. Clara, em sua narração, passa a a analisar as próprias atitudes percebendo o que fez de errado e o que poderia ter feito para evitar que o relacionamento dos dois chegasse a tal ponto. Gostei disso, a autora mostrou que a personagem realmente cresceu durante esse tempo, mas não pude deixar de considerar algumas atitudes dela bem idiotas. 

Alguns personagens possuem uma significância maior enquanto outros vão sendo deixados de lado. O pai de Clara é um escritor e eu fiquei com uma vontade de enorme de ter o pai dela pra mim. A relação dos dois é muito boa, ambos são além de pai e filha, amigos e dividem as coisas um com os outros. Ele é um ótimo pai, super divertido além de fazer comentários e metáforas ótimas. Ao longo da história percebemos que ele guardo um segredo de Clara que é revelado no final. 

Olhe de frente para o seu medo. O medo é um grande mentiroso. 

Deb Caletti abordou o tema de uma forma bem interessante, ela mostrou como os jovens tendem a depender demais um dos outros, ou então como passam a se tornar obsessivos em relação aos seus parceiros. Clara mesmo depois de reconhecer como Christian era tentou levar o relacionamento adiante, tapando os olhos e seguindo em frente tentando fazer as coisas darem certo e percebe, tarde demais, que era o que não deveria ter feito.

A autora utilizou de notas de rodapé durante todo o livro, eram notas escritas pela própria Clara e mesmo concordando que isso é diferencial no livro, foi uma coisa que me incomodou um pouco. Quase no final a Clara toma uma atitude que só posso classificar com estúpida e apesar de a justificativa que veio a seguir ser aceitável não me convenceu. É um bom livro? É, com certeza. Uma história que vale a pena ler, acompanhar e refletir.
~


A promoção de Dia das Crianças tem esse livro como prêmio, participem da brincadeira no post logo abaixo! E a promoção de Tudo o Que Ela Sempre Quis já foi finalizada e vocês podem conferir o resultado no próprio post da promoção. Parabéns a ganhadora!

21 comentários:

  1. Bom esse não é o tipo de livro que costumo ler, mas quem sabe ainda o leio... e nem me fale de personagens que tomam atitudes idiotas rsrsrs

    Adoro aqui *-*
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Já li muitas resenhas positivas e negativas a respeito deste livro,mas se eu tiver a oportunidade de ler,vou ler.
    mil bjs

    ResponderExcluir
  3. Eu gostei do livro, me surpreendeu bastante porque eu não esperava gostar tanto.

    ResponderExcluir
  4. Naty, livros que nos fazem refletir geralmente valem muito a pena serem lidos. Gostei da premissa desse e da sua resenha... embora não me seja prioridade no momento, tenho vontade de lê-lo um dia. :)

    Um abraço!
    http://universoliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Ahhhhhhhhhhh meu Deus que vontade de ler esse livro! *----*
    Amei sua resenha amiga!
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Ahh tem meme pra ti no meu blog: http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/
    Mil Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi Naty!

    Concordo com você plenamente!
    Eu também me estressei com aquelas notas de rodapé. hehehe

    O personagem que mais gostei foi o pai da Clara. :)

    Não gostei muito do livro, por isso ainda não me animei a postar a resenha. :/

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  8. Gostei do post, ótima resenha.

    ResponderExcluir
  9. Adorei sua resenha. Foi sincera e bem escrita, gosto disso ^^"
    Confesso que não tenho muita vontade de fazer essa leitura, porque vendo a capa tinha imaginado algo totalmente diferente, e bem, o enredo não me atrai tanto quanto a capa, mas, depois da sua resenha talvez eu dê uma chance pra esse livro, fiquei curiosa =D

    Beijos
    @PollyanaCampos
    entrelivrosepersonagens.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. OBAA, sei que a leitura vai me agradar bastante. Todo mundo falando muito bem da escrita da autora , sem contar que é o tipo de história/envolvimento que me atrai. ;)
    Vou ler, já está na lista de desejado :D
    Sucesso SEMPRE divas, beeijos :*

    Ewerton Lenildo - @Papeldeumlivro
    papeldeumlivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Acredita que este livro não me convenceu nem um pouco?
    Só gostei do pai escritor dela, acho que de nada mais. =/
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. É deve ser umlivro um tanto complicado e que vai dividir muito as opniões alheias mas... pode ser uma boa leitura!

    ResponderExcluir
  13. o livro pode ser uma boa leiutra, mas vejo que o povo se dividiu muito lendo esse livro, entao to na duvida se leio ou nao xp
    ah adorei a resenha
    obrigada por comentar no meu blog e estou seguindo o seu
    se vc se sentir a vontade em me seguir eu adoraria, senao tudo bem :)

    ResponderExcluir
  14. Já li muitas resenhas negativas sobre esse livro, mas acho que o pessoal ficou meio dividido, por isso não me decido sobre ele. Mesmo assim não parece o tipo de história que me agradaria, parece uma chick-lit misturado com romance policial misturado com suspense (só que não). Provavelmente não lerei, e, se ler, vai demorar e será uma semana em que não tenho nada melhor pra ler mesmo, acho.
    Obrigada por comentar no blog; seguindo aqui (espaço muito fofo *-*)

    http://queridos-sapiens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Parabéns pela resenha Naty! Estou ansiosa para ler Um Lugar para Ficar! Beijo!

    ResponderExcluir
  16. Naty, não tinha lido nenhuma resenha desse livro até então e a sua me deixou bem intrigada. Estava com medo de que ele fosse ser maçante ou insosso, mas já percebo que não. Lembra até daquele filme com a Jenifer Lopez, só não me lembro o nome. hahaha
    Realmente, algumas impressões podem ser bem erradas.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  17. Esses livros da Novo Conceito sempre tão divos! Gostei da história de Um Lugar Para Ficar, parece bem interessante. Não é prioridade no momento, mas quem sabe depois! Sua resenha foi a primeira que li sobre ele e foi bem esclarecedora.
    Beijinhos
    http://enclausuradas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi, Naty!
    Chick-lit é um dos meus gêneros favoritos, misturado com policial deve ficar ótimo! Ainda não tive a chance de ler Um Lugar Para Ficar, mas pretendo fazer isso em breve.

    Beijos,
    Gabe
    http://desejosdesabado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Não sei............. Estou com certo receio de ler a história. A personagem já está me incomodando e eu nem cheguei a ler o livro! HAHAHAHAHAHA

    ResponderExcluir
  20. Oie, tudo bem?
    Um Lugar para ficar é um bom livro sim! Concordo com você quando diz que a autora soube aborda a dependência que os jovens pode ter um do outro, isso é muito visível nos EUA mesmo, quando nos deparados que alguém fez besteira e passa no jornal.
    Gostei muito da sua resenha.

    ResponderExcluir
  21. Adorei você querer o pai dela pra você!! rs... Só uma coisa não me agradou, as notas de rodapé. Tenho um ódio profundo e antigo por esse recurso... hahaha... espero que não atrapalhe a minha leitura.

    ResponderExcluir

Terminou de ler o post? Aproveita para deixar seu comentário, é rapidinho! Os comentários são moderados portanto é necessário aguardar para que ele aparece por aqui. Obrigada!

Copyright © 2015 Just Books | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo