29 novembro 2012

1ª ou 3ª pessoa? Qual sua preferência?


Sempre que lemos resenhas geralmente há comentários sobre a pessoa em que o livro é escrito e muita gente tem preferências. Umas preferem a 1ª pessoa, outras a 3ª pessoa e pra outras tanto faz qual das duas pessoas o livro é escrito. Eu acredito que cada uma das narrações têm suas vantagens e desvantagens e é sobre isso que venho falar nesse post já que não tenho outra coisa para postar para vocês no momento.

Vou começar falando sobre a 1ª pessoa que foi por um bom tempo a narração de minha preferência. Eu tinha o costume de sempre pegar livros para ler na 1ª pessoa e era assim que eu gostava. Ter um contato maior com os pensamentos e sentimentos dos personagens podendo compreender melhor suas ações e atitudes. Você sabe o que ele pensa sobre os outros personagens e têm uma visão pessoal de toda a história. Por outro lado esse tipo de narração têm algumas limitações.

A começar pelo fato de que você só vê a história pelo ponto de vista do narrador-personagem e o que ele vê não é sempre o que acontece. O livro A Menina Que Não Sabia Ler é um bom exemplo disso. Sem querer soltar spoiler, mas durante a leitura você pode perceber que a narração em 1ª pessoa deixa sérias dúvidas sobre os acontecimentos serem mesmo reais, apesar de serem retratados como tal. O que poderia ser diferente caso fosse uma narração em 3ª pessoa.

Já no caso de livros narrados na 3ª pessoa você pode ter uma visão mais ampla da história, podendo saber acontecimentos que o protagonista não sabe e isso pode ser a chave de toda a história. Muitas vezes nesse tipo de narração os sentimentos e pensamentos dos personagens são apresentados pelo narrador denominado como narrador-observador e eles não são muito aprofundados em alguns casos.

Como eu disse anteriormente a 1ª pessoa era a minha preferência, mas com algumas leituras eu acabei mudando de opinião. No caso de uma narração em 3ª pessoa, o autor pode optar por fazer como J. K. Rowling fez na série Harry Potter. É como se a narração acompanhasse os desenvolvimento mental do personagem principal onde você sabe o que ele sabe, mas ao mesmo tempo a autora pode mudar de cena para um ponto de vista diferente sem uma mudança brusca, na maioria das vezes você sequer percebe. É o tipo de narrativa que aprecio bastante, pois o autor tem uma gama muito maior para explorar. 

Mas é claro que o tipo de narração depende do gênero do livro. Narrações em 1ª pessoa por exemplo dão mais certo em romances onde há muito mais relação com sentimentos do que em um livro de mistério onde a 3ª pessoa cairia melhor dando ao autor uma perspectiva maior. Mas não dá para generalizar também. Já li romances em 3ª pessoa que são muito bons e vice-versa. Então acredito que também depende do autor. Ás vezes o autor consiga fazer uma maravilhosa narração em 1ª pessoa, mas é um fracasso quando o faz na 3ª pessoa. Enfim, o que vocês pensam a respeito disso? Qual a preferência de vocês?

28 comentários:

  1. Tenho preferência pela 3ª pessoa. Gosto da 1ª quando o tema do livro é divertido.

    ResponderExcluir
  2. Báh, eu gosto dos dois, é difícil pensar em qual é melhor.. acredito que pra cada situação um deles é melhor!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Naty! Muito interessante o seu post. Assim como você, sempre nutri preferência por livros narrados em primeira pessoa. Porém, existem livros narrados em terceira pessoa excelentes também, e como você mesma disse, que mostram o ponto de vista de diversos personagens em um âmbito geral. No mais, independente se é primeira ou terceira pessoa, o que importa é que a narrativa seja bem construída e formulada, caso contrário, a leitura se torna enfadonha dos dois modos. Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Na verdade eu nunca parei pra pensar muito em qual é a minha narração preferida, acho que é como você disse, depende muito do gênero. Eu nunca fui muito de me importar com o tipo de narração do livro, mas é claro que já pensei que se determinado livro fosse em 3ª pessoa em vez de 1ª, algumas dúvidas talvez não existiriam.

    Brunna Carolinne - My Favorite Book - @MFBook
    myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Ameeeeeei o tema desse post amiga! Arrasou na escolha! *-*
    Esse é um assunto muito comentado entre os leitores, por isso, foi muito bom você ter tocado nesse assunto. Eu prefiro ler livros narrados em primeira pessoa, por vários motivos: eu posso saber realmente o que o personagem está sentindo, posso ler seus pensamentos, me sinto dentro da história, eu sinto o que o personagem sente e acima de tudo, quando é um livro como Jogos Vorazes por exemplo, em que todo mundo morre, ter a Katniss como narradora era a certeza de que ela não ia morrer! hahahahahaa
    Então, esse tipo de narração sempre foi e será o meu favorito. Mas é claro, que eu já li livros narrados em terceira pessoa e eles eram incríveis. Então, eu cheguei a conclusão, de que não é a narração que faz a diferença na história e sim o autor do livro. Quando o autor consegue fazer uma boa narração, a história vai ser boa independente do tipo de pessoa que ele escolheu para narrar. Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu gosto dos dois, depende mesmo é da habilidade do autor em narrar a história. Tem livros narrados em primeira pessoa que passam a essência do personagem, já que "entramos" em sua mente. Além disto, nos sentimos dentro da história mesmo, pois temos um ponto de vista limitado e vamos descobrindo os mistérios junto com o personagem.
    Já os livros em terceira pessoa são mais amplos em conhecimento de fatos e pontos de vista. Conhecemos melhor vários personagens e conseguimos criar partidos.
    Ambas as formas de narrativa são válidas e podem ou não serem boas!
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Sinceramente nunca parei para pensar qual estilo prefiro.

    Creio que depende da trama e do autor, ;)

    ResponderExcluir
  8. Sinceramente, Naty, eu não tenho preferência. O importante pra mim é o livro mexer comigo de alguma maneira, me fazer sentir alguma coisa. acho que realmente depende do caso a narração que vai se encaixar melhor. Só não gosto muito de livros que alternam entre a primeira e a terceira pessoa, eles me confundem bastante.

    ResponderExcluir
  9. Na verdade, sendo super sincera, para mim tanto faz. Mas a leitura fica muito mais interessando quando em terceira pessoa, pois eu consigo ter uma visão mais ampla do que acontece na estória, e não fico presa aos pensamentos e visões de um único personagem.

    ResponderExcluir
  10. Eu gosto muito de 1ª pessoa, mas as vezes quando os pensamentos da pessoa são muuito longos, ai eu acho cansativo. mas depende da leitura mesmo.

    Beijos
    Saindo da Realidade

    ResponderExcluir
  11. Oi Naty!
    Adorei o post!
    Eu acho que sou exceção, porque, por um bom tempo, eu preferia a terceira pessoa (normalmente vejo as pessoas dizerem que preferiam a primeira) por ela permitir uma visão mais ampla da história, como você tão bem destacou. A terceira pessoa permite um acesso ao interior das personagens e, ao mesmo tempo, ao exterior, o que é impossível em primeira pessoa.
    Porém, isso varia muito, tem livros que precisam ser narrados em primeira pessoa e vice-versa.
    Hoje não tenho uma preferência, acredito que depende muito de cada livro!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  12. Eu não tenho preferência. Quando o livro é bem escrito pra mim tanto faz se é em 1ª ou 3ª pessoa.
    Nunca parei pra pensar muito sobre isso. hehe

    ResponderExcluir
  13. Acho que cada tipo de história é adequada a um tipo de narrador. As narrativas em primeira pessoa são interessantes pois nos identificamos, sentimos mais, então em romances, livros engraçados ou livros centrados em um protagonista, é a melhor opção.
    A terceira pessoa nos permite ter uma ideia mais geral e em livros de aventura e suspense é o melhor.

    Thais Vianna
    @dathais

    ResponderExcluir
  14. Ah confesso que eu não tenho nenhuma preferência não,só acredito que tem que saber usar tanto 1/3 pessoa,fazendo isso bem feito,não tenho preferencia alguma!

    http://llivroseletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Naty, assim, eu acho que depende muito do autor. Eu não tenho preferência, leio o que vier pela frente. Recentemente li um livro em terceira pessoa que a escrita da autora era bem cansativa, mas depende muito. Já li livros ótimos em terceira pessoa e horríveis também, o mesmo aconteceu em primeira.

    Adorei o post, beijos.
    http://enclausuradas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Vou confessar que no começo eu gostava da narrativa em terceira pessoa,
    mas depois de Crepusculo comecei a gostar da de primeira,mas as duas formas me agradam.
    bjs

    ResponderExcluir
  17. Olha, tudo depende do gênero. Por exemplo, ler chick-lit em 3ª pessoa, ninguém merece!

    ResponderExcluir
  18. Eu geralmente prefiro narrações em 3° pessoa bem desenvolvidas mas como você mesma diz por vezes as narrações de 1° pessoa caem muito melhor em certos livros! enfim depende do autor, da obra, de tudo é muito relativo! e em Geral me agrado das duas quando bem feitas!

    ResponderExcluir
  19. Eu prefiro livros narrados em 3ª pessoa. O fato de ser em 1ª pessoa condiciona o livro a ser uma visão de um personagem, e não especificamente a história que o autor quer contar. Como é o caso de Crepúsculo, Bella é desajeitada, feia, comum. Isso porque ela se acha como tal, vemos que quando a autora escreveu alguns poucos capítulos de Midnight Sun', Edward tinha uma visão totalmente diferente dela. Então é relativo, em 1ª pessoa há mais emoção e envolvimento com o personagem, mas ainda prefiro a narrativa em 3ª. *-* beeijos

    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com <3

    ResponderExcluir
  20. Sabe que nunca pensei muito nisso? Acho que gosto bastante de histórias narradas em primeira pessoa, pois consigo sentir o que o personagem principal sente, mas há limitações. Bem como dito no post, a narração em terceira pessoa é mais ampla e podemos saber mais coisas. Esse assunto é meio "sei lá" pra mim, porque realmente não ligo muito para a narração, desde que não interfira muito no meu entendimento dos fatos.
    Ótimo post!
    Beijo,
    Doce sabor dos livros

    ResponderExcluir
  21. Oi Naty, tudo bem?

    Então, eu creio que tenho uma pequena preferência por primeira pessoa, mas acho que isso nem tem importância. Creio que o que vale mesmo é o modo de narração do autor, se for bom, pouco importa a pessoa.

    Beijos,
    Juan Silva.
    Asas Literárias

    ResponderExcluir
  22. Adorei o post! :D
    Eu prefiro esse tipo que você falou de Harry Potter, sempre achei o melhor! Podemos acompanhar o personagem, mas não estamos realmente presos a eles! :)
    Primeira pessoa eu até gosto também, mas quando os personagens principais são chatos, se torna um martírio, kkkkkkkk, terrível! :x
    Parabéns! Amei o tema :D

    Beijos, Nanda
    Julgue pela Capa

    ResponderExcluir
  23. Eu não tenho muita preferência, já que depende muito do livro mesmo. Mas se é pra escolher, eu prefiro em 1ª pessoa, que eu me sinto dentro da história, eu me sinto a personagem mesmo *-*
    Adorei o post, Naty!

    Beijos
    Geê - almaleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. Oi, Naty!
    Acho que você explicou tudo muito bem rs
    Depende do livro. Alguns funcionam melhor de um jeito, outros de outro jeito, mas, no geral, não tenho preferência de narração. O mais importante é a narrativa em si, e o talento do autor. Não tenho muita preferência nesse aspecto, aceito o que ele escolhei, pois provavelmente foi como soube fazer melhor.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  25. Naty, gosto muito de livros na 1ª pessoa! Mas já li alguns livros na 3ª pessoa.

    ResponderExcluir
  26. Gosto de livros em 1ª pessoa, mais também gosto em 3ª...
    A maioria dos livros que leio em em 1ª pessoa

    xoxo

    ResponderExcluir
  27. Como você disse, cada tipo de narração tem as suas vantagens e desvantagens, eu não não tenho preferência, no fim tudo irá depender do conteúdo do livro e da maneira como o autor(a) irá desenvolver a história, algumas histórias funcionam melhor com narração em 1ª pessoa, e outras com 3ª pessoa.
    Abraços.

    http://viciadoemlivrosefilmes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  28. Eu gosto muito de livros narrados em 1ª pessoa, por me sentir dentro da história, três livros que gostei muito e incorporei a personagem foi: "Antes que eu vá", "Deslembrança" e "O céu está em todo lugar". O melhor de tudo é se apaixonar por personagens e imaginar as cenas. Muito bom ler... só que existem alguns livros que começo a ler e não consigo terminar: "A escolha de Sofia" e " A Passagem por exemplo. Bjs!

    ResponderExcluir

Terminou de ler o post? Aproveita para deixar seu comentário, é rapidinho! Os comentários são moderados portanto é necessário aguardar para que ele aparece por aqui. Obrigada!

Copyright © 2015 Just Books | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo