26 janeiro 2013

Resenha: Divergente - Veronica Roth

Título Original: Divergent
Autor: Veronica Roth
Editora: Rocco

Sinopse: Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto.
A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é.
E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.

Resenha: Divergente foi aquele livro que todo mundo gostou, todo mundo deu cinco estrelas e todo mundo recomendou que eu lesse. Já podem imaginar o quanto as minhas expectativas foram altas em relação a essa leitura, certo? Tentei apaziguá-las para que não tivesse um resultado decepcionante, mas assim que passei dos primeiros capítulos percebi que não precisaria fazer isso, o livro já havia me conquistado e provado que as opiniões positivas estavam completamente certas. 

Beatrice tem 16 anos e chegou a hora de fazer o teste de aptidão e logo em seguida participar da cerimônia de iniciação onde cada jovem escolhe para qual facção irá. Todos eles já pertencem a uma facção, e podem escolher continuar nela ou ir para outra. As facções são cinco: Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza  e Erudição. O teste de Beatrice acaba revelando que ela não pertence a nenhuma facção específica, ela é uma divergente.

Eu considerei a história bem original, apesar das comparações que foram feitas com outras distopias. Não tem jeito, sempre vamos encontrar uma semelhança aqui ou ali já que fazem parte do mesmo gênero. Veronica Roth criou um enredo que me conquistou completamente, a narrativa é simples, gerando uma leitura fácil e rápida. A descrição dos lugares foram bem vívidas e detalhadas, outro ponto bem positivo. O que me incomodou um pouco foram algumas repetições de expressões, que podemos ignorar facilmente, mas espero que no segundo livro isso não aconteça.

De fato a autora demorou um pouco para finalmente colocar mais ação na história, mas os acontecimentos que antecedem não são nem de longe entediantes como vi algumas pessoas dizerem. Pelo contrário, acredito que esse decorrer da história nos ajudou a conhecer melhor os personagens e até mesmo levantar hipóteses sobre o que poderia acontecer a seguir.

Não vou falar muito sobre os personagens, mas deixo claro que a autora moldou muito bem todos eles, mas um que merece destaque é o Quatro. Ele é um dos instrutores que ajuda na iniciação à facção e não tem como não se apaixonar por ele. Quatro é um apelido e descobrimos o motivo desse apelido além do seu verdadeiro nome no livro, que consegui deduzir antes da protagonista, diga-se de passagem. E o romance que a autora criou no livro foi algo bem planejado e natural. Agora tudo o que eu quero é ler a continuação do livro e espero que a autora possa me conquistar ainda mais.

27 comentários:

  1. Ouvi ótimos comentários sobre esse livro... E a resenha ficou muito boa!
    Ansiosa pra lê-lo e parabéns pela resenha (;

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei bastante do livro, o único "defeito" é o final haha, me deixou desesperada por Insurgent

    ResponderExcluir
  3. Eu adorei Divergente.
    Foi uma das minhas melhores leituras do ano passado.

    Beijos,
    Thais P.
    http://thaypriscilla.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu sou simplesmente APAIXONADA por esse livro. Li em inglês um pouco antes de ele ser lançado no Brasil e desde então venho indicando-o para todo mundo que me pergunta sobre livros porque a leitura é válida e a história é capaz de conquistar qualquer um. Veronica Roth provou que é boa no que faz e vem conquistando uma legião de fãs (a mim não demorou muito).
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Eu também adorei o livro! E principalmente o personagem Quatro. Ele é apaixonante! Eu preciso urgentemente do próximo livro!
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Que bom que gostou do livro, ele foi o melhor que eu li em 2012, se não tivesse me segurado quando lia teria terminado de lê-lo em menos de um dia, hahaha! A única coisa que eu não entendi na sua resenha foi a parte do "repetições de expressões", não sei se sou lerda ou o que, mas... Gostei da sua resenha, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Laura, vou dar um exemplo das repetições, mas não sei se esse tem no livro! :B

      É quando a autora fala que a personagem está, sei lá, com o "estômago embrulhado" e repeti isso mais 3 vezes no mesmo capítulo por razões diferentes, sabe? Aconteceu algumas vezes em Divergente. É isso rs'

      Beijão:*
      Naty.

      Excluir
  7. estou espwerandu meu livro desse para começa a ler, ansiosa demais, e agora com o que vc post sobre estou roendu as unhas rsrs

    ResponderExcluir
  8. Esse livro é muuuuuuuuuuuuuito bom, socorro <3 Então Natália, gosto bastante do seu blog e queria saber se você queria se afiliar ao meu blog, e eu me afiliar aqui.. Postei lá no blog direitinho e tal, e se quiser tá explicando lá :) Beijos http://rainhadasimpatia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Naty também gostei muito deste livro sem falar que o Quatro é apaixonante, estou super ansiosa pela continuação,tomara que não demore muito.
    mil bjs

    ResponderExcluir
  10. Acredita que até hj nao li nenhuma distopia? Nem Jogos Vorazes ;( Ainda quero esperar mais um pouco pra aventurar por essse mundo, até pq preciso terminar várias séries antes de começar novas. Mas confesso que fiquei curiosa pra ler ^^

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Estou ansiosa para ler Divergente e cada vez que leio algo sobre ele fico mais ansiosa para lê-lo.
    Beijos,

    ResponderExcluir
  12. Oi Nathy!
    Ganhei Divergente e estou super ansiosa pra começar logo a leitura.
    Comecei a lê-lo no natal (não sou fã de socializar em festas de famílias haha), e já adorei.
    Só não terminei por conta de outra leitura que tinha que terminar antes e o livro do desafio literário que estou participando.
    Enfim, a narrativa é bem gostosa e gostei dos personagens que pude conhecer.
    Acho legal quando o autor sabe fazer as descrições de forma que não fiquem entediantes, que é o caso da Veronica Roth.
    Não tenho tanto o que opinar, mas já sei que vou amar quando conseguir terminá-lo e esperar ansiosamente pelo próximo!

    ResponderExcluir
  13. Ah naty adorei to morrendo de vontade de ler essa distopia a um tempo mas ainda não tinha tido coragem por medo de que ela fosse ruim! Agora to aqui na esperança de compra-la o quanto antes ^^

    ResponderExcluir
  14. Eu ainda não li o livro, mas já está na lista de leituras para 2013, só não coloco ele na frente de todos, pois ultimamente estou fugindo de livros com continuação. Mas assim que eu terminar com a série Hush, Hush e a Beijada por um anjo eu irei ler a série, beijos.
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Naty! Adorei sua resenha. Entre todas que eu li até agora, a sua foi a que mais me deixou curiosa (e realmente curiosa) para ler Divergente. Tô gostando muito de distopias e acredito que vá gostar dessa assim como você gostou! :D
    Bom saber que você, mesmo com altas expectativas, não se decepcionou com o livro. Pelo contrário! Ele conseguiu batê-las! Hahahaha Assim fico mais aliviada ;)
    O blog tá tão lindo! *-* Cada vez mais charmoso, né? Hahaha AMO!

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  16. Naty, tá todo mundo falando super bem desse livro mesmo, mas que bom que não decepcionou.
    Esse Quatro é outro que tá dando o que falar. Estou curiosa, mas antes pretendo terminar de ler a trilogia de JV, que até agora só li o primeiro rs
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Quando fui ler Divergente também tentei deixar minha expectativa intacta. Mas logo no primeiro capítulo me vi totalmente presa a esse mundo. Realmente a autora moldou muito bem todos os personagens, eles têm tanta consistência que até parecem ser de verdade! Amei o Quatro *---*

    Brunna Carolinne - My Favorite Book - @MFBook
    http://myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi xará!
    Tenho curiosidade de ler esse livro e ainda bem que você não se decepcionou com ele né? Geralmente quando vou com muita expectativa sempre acabo me desiludindo com o livro =/

    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Então, todo mundo fala bem desse livro mesmo, mas eu não tenho a minima vontade de lê-lo :(
    Talvez quando ele estiver menos falado por ai eu me interesse mais...

    Beijos
    Geê - almaleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Naty, vamos falar sobre injustiça: porque a Rocco sempre compra os melhores livros? (Hp, JV, Divergente...) É caro pra caramba e quando fazem promoção na internet eu nunca compro porque me falta cartão de crédito ou o dinheiro em 48h para pagar o boleto. Sério, editoras, vamos se agilizar e comprar antes deles! Tá, deixa eu falar da resenha.

    Eu tenho que ler esse livro. Todo mundo fala bem e eu preciso conhecer a história. Repetições demais também não me agradam, tomara que isso tenha mudado no segundo livro. E Quatro vai ser quem eu vou me apaixonar, né? u_u Certo, correndo pra encontrar promoção!

    Gih

    ResponderExcluir
  21. Oi, Naty!
    Que bom que você não se decepcionou com Divergente <33 Nossa, gostei mais até do que Jogos Vorazes HAHAA Assim como você, também entendi logo o nome verdadeiro do Quatro, mas o modo com ela descobriu foi muito bom, nossa, adorei!

    Ótima resenha!
    Beijos
    http://enclausuradas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Sabe do que eu lembrei? Das casas em Harry Potter. Eu sou como a Geê, não dou a minima para os livros do momento, vou lendo conforme vou gostando dos livros, no meu tempo. Primeira resenha que leio desse livro Naty, e agora ele já está na minha lista de futuras leituras.

    Bye da Pah
    Livros Estrelas

    ResponderExcluir
  23. Ain, eu tinha comprado esse livro há um tempinho só que estava receosa pra ler, pensando que a história seria chata, mas com essa resenha acho que esse livro será a minha próxima leitura :D

    ResponderExcluir
  24. Fico feliz que você gostou Naty !!! To muito ansiosa pra continuação também ,haha. Dizem que a rocco vai lançar ainda nesse semestre.
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  25. Querendo mto ler,é o tipo de leitura que prende a gente do inicio ao fim!!!

    ResponderExcluir
  26. Estou curiosa pra ler esse livro, o enredo me chamou bastante atenção, acho que sou umas das unicas pessoas que nunca leu distopia.

    ResponderExcluir

Terminou de ler o post? Aproveita para deixar seu comentário, é rapidinho! Os comentários são moderados portanto é necessário aguardar para que ele aparece por aqui. Obrigada!

Copyright © 2015 Just Books | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo