29 março 2013

Resenha: Emma - Jane Austen

Essa resenha é de uma leitura para o Desafio Literário de 2013.


Título Original: Emma
Autor: Jane Austen
Editora: Landmark

Sinopse: Emma Woodhouse, uma jovem bonita, inteligente e encantadora, está decidida a jamais se casar. Ela já possui toda a fortuna e a independência de que precisa e sente-se perfeitamente satisfeita com sua situação, o que não a impede de se divertir planejando casamentos entre as pessoas que a cercam. Ao conhecer Harriet Smith, uma moça de status social mais baixo, Emma decide ajudá-la a encontrar um pretendente que seja um verdadeiro cavalheiro. Porém, a jovem descobre que interferir demasiadamente na vida dos outros pode por em risco a própria felicidade. Para garanti- la, Emma deve superar seus preconceitos e compreender melhor o que se passa em seu coração. Marcado pela inigualável ironia de Jane Austen e repleto de diálogos geniais, Emma é um retrato vívido da situação das mulheres na Inglaterra do início do século XIX.

Resenha: Sendo esse o quinto livro da Jane Austen que leio posso dizer com convicção que já estou completamente acostumada com sua escrita e igualmente apaixonada por suas histórias. Emma é o maior de todos os livros da autora, mas consegui lê-lo mais rápido do que os com menos páginas. 

Já adianto a vocês que adicionei esse livro na lista de favoritos e que ele só não ultrapassa Orgulho e Preconceito porque não há nada que supere meu amor por Mr Darcy. Dito isso, deixem-me fazer uma breve introdução sobre o que se trata esse livro. Emma Woodhouse é uma mulher jovem, bonita, inteligente e com um status social elevado. Seu pai, Mr. Woodhouse é um homem velho e que já não tem mais a mesma energia de antes necessitado dos cuidados da filha constantemente. Juntando isso ao fato de que Emma não se afeiçoou a nenhum rapaz da vizinhança ela se apega a decisão de não casar-se. Harriet é uma jovem de um status social baixo e de descendência desconhecida e Emma decide instruí-la e arranjar-lhe um casamento ao torná-la sua amiga mesmo sendo essa uma atitude reprovada por seu amigo Mr. Knightley.


Poderia estender vários parágrafos para contar sobre todos os outros personagens e pouco sobre a história de cada um e acreditem, esse é o meu desejo, mas isso seria entediante além de que estragaria a leitura de vocês sendo que eu poderia acabar revelando detalhes que possam vir a surpreender. Como já dito anteriormente a narrativa fluiu facilmente e logo nas primeiras páginas já me vi presa a história e cativada pelos personagens. Emma, particularmente, foi uma personagem com quem muito me identifiquei e compreendi. Mr. Knightley me conquistou desde o início com suas opiniões fortes e seu desejo de fazer Emma reconhecer e assumir seus erros, demostrando um caráter e um coração de ouro.

Jane Austen conseguiu mostrar através dessa obra que o entendimento do caráter é humano pode ser visto de diferentes modos pelas pessoas e que muitas vezes o ser humano se obrigada a agir de maneira imprudente sendo movido pela emoção e passando uma imagem errônea.  E mais do que isso ela mostra que tem uma capacidade incrível de criar heroínas fortes e inteligentes que são capazes de questionar e ir contra os preceitos da sociedade para seguir os próprios princípios. 

Recomendo a leitura não só por ser uma obra sensacional cuja história e personagens são capazes de conquistar e te envolver, mas também por ser Jane Austen - afinal todo mundo deveria prestigiar uma obra dessa autora maravilhosa.

18 comentários:

  1. Jane Austen consegue coisas sensacionais, não?
    Fiquei com muita vontade de ler Emma. Bela resenha, Naty!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Sempre tive vontade de ler algo da Jane Austen! Fico louca só de pensar que ainda não li nada dela .-.
    Não conhecia esse livro da autora, mas com a sua resenha só não coloco na lista de prioridades porque ainda quero ler Orgulho e Preconceito antes, que por sinal já vi o filme e só me deixou ainda mais louca pelo livro! *-*

    Beijos,
    Jen :)

    ResponderExcluir
  3. Li apenas Orgulho e Preconceito de Jane Austen! Mas pretendo ler outros de seus livros! Emma parece ser uma ótima opção para minha próxima leitura desta autora tão aclamada! :) Gostei bastante da sua resenha!

    beijos!

    ResponderExcluir
  4. Genteee,
    eu não conhecia esse livro, mas curti muito a capa e pela sua resenha, deve ser maravilhoso, pelo menos hehe
    Vou adicionar aos desejados ;D

    ResponderExcluir
  5. Naty, da Jane eu só li Razão e Sensibilidade, e se tem outra obra da autora que eu adoria ler, com certeza seria Emma. Gosto muito do que é abordado na trama, e já li algumas resenhas muito bem descritas, que me instigaram a conferir com jmuito gosto (a sua com certeza é uma delas). Adoro essa coisa que a Jane tem de criar personagens caracteríscos... normais e bem especiais ao mesmo tempo. É um acervo reflexivo muito bom.

    Enfim... ótima resenha!

    Um abraço!
    http://universoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pela resenha Naty! Estou ansiosa para ler Emma! Beijo!

    ResponderExcluir
  7. Jane Austen é uma autora maravilhosa,infelizmente não tive muitas oportunidades de ler seu livros,li apenas orgulho e preconceito e ja fiquei apaixonada.

    http://melanciapink.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Opa!
    Fui dar uma pesquisa no "Orgulho e preconceito". Acho que não faz o meu tipo, mas vou anotar para uma futura leitura ^^

    Afinal.. Nem conhecia esta autora. Bom conhecer (:

    Beijos
    http://luizando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Ainda não tive oportunidade de ler algum livro de Jane, mas obrigada pela indicação .
    Bjo

    ResponderExcluir
  10. Adorei a resenha! Dá pra sentir seu entusiasmo com a leitura! Já comprei os três pockets lançados pela Saraiva da Jane Austen, e já li Orgulho e Preconceito. Com certeza, Emma será uma das minhas próximas leituras!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  11. Não li nenhum livro da autora ainda, mas se fosse pra começar seria com Emma. ;) Ah, tô seguindo o blog.

    Um beijo, Karine Braschi.
    Geek de Batom.

    ResponderExcluir
  12. Já tinha ouvido falar do livro, mas ainda não li nada da Austen, confesso que morro de vontade, mas falta oportunidade, de ter o livro e de encaixar na meta de leitura. Emma não é meu sonho de leitura, tem um enredo ótimo, mas que não me chamou atenção logo de imediato. Espero sim ler, mas não sei quando isso vai ser possível.

    ResponderExcluir
  13. Jane Austen é um dos nomes mais falados nos blogs em que visito. Eu ainda não li Orgulho e preconceito, um dos títulos mais comentados - que aliás você citou aí na resenha *-* Sobre "Emma" confesso que não conhecia,mas gostei bastante da sinopse e o preço está ótimo também.
    Fiquei curiosa sobre uma coisa: será que a personagem muda de ideia em relação a não se casar?
    Eu sempre torço que sim porque sou uma romântica irremediável rs

    (desconstruindoaspalavras.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
  14. Tenho muita vontade de ler Jane Austen acho todos seus livros um clássico, autoras que conseguem criar boas heroínas, só por esse fato já merecem meu respeito pois é muito dificil não criar falhas nessa categoria, grandes esperanças para esse livro me parece ser uma leitura fluente e uma história bem desenvolvida.

    ResponderExcluir
  15. Oi, Naty!
    Não me bata, mas não gosto de Jane Austen. Digamos que a minha experiência com Orgulho e Preconceito não foi boa. É que, sei lá, eu não gosto das histórias, sabe? E nem dos personagens também, pra ser mais sincera ainda.
    Talvez eu dê uma chance para Emma no futuro. Ao menos ele me parece mais interessante que Orgulho e Preconceito.

    Adorei a resenha!
    Beijos
    http://enclausuradas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Sou apaixonada por Jane Austen, não li esse ainda, mas já comprei, espero ler logo. Ótima resenha. Bjs

    ResponderExcluir
  17. Esse parece ser um daqueles livros que mesmo antigos, as situações se aplicam a de atualmente. Eu vi numa sinopse que dizia que esse é considerado o livro mais inteligente da Jane Austen. Acho que é por isso que tenho muita vontade de ler esse livro! Mas como eu já disse, não quero começar por um livro tão grosso como esse. Quero um fininho e com uma história leve e bonita. Acho que vou começar por Persuasão mesmo he he eh :v

    Ótima resenha, nati!

    ResponderExcluir
  18. Emma também é um livro bem atual, não é à toa que é considerado um clássico. Jane Austen conseguiu trabalhar de tal forma os personagens que torna a narrativa envolvente, embora sem muita ação. Vale a pena a leitura. Também fiz uma resenha desse livro no meu blog, se vc se interessar, dá uma passada no link: http://pergaminhoamarelo.blogspot.com.br/2015/08/emma-um-cupido-na-literatura-inglesa.html

    Abraços!

    ResponderExcluir

Terminou de ler o post? Aproveita para deixar seu comentário, é rapidinho! Os comentários são moderados portanto é necessário aguardar para que ele aparece por aqui. Obrigada!

Copyright © 2015 Just Books | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo