22 março 2013

Resenha: A Hospedeira - Stephenie Meyer

A Hospedeira
Título Original: The Host
Autor: Stephenie Meyer
Editora: Intrínseca

Sinopse: Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo. Quando Melanie, um dos humanos "selvagens" que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a "alma" invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente. Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam.

Resenha: Já havia lido o livro na época em que foi lançado, mas com a proximidade da estréia do filme decidir embarcar em uma releitura para que pudesse fazer as comparações adequadas da adaptação cinematográfica. Não costumo reler meus livros, apesar de sempre ter vontade, e começo a pensar que deveria fazer isso mais vezes. Ao reler A Hospedeira percebi coisas que não havia percebido antes e acredito que tenha compreendido melhor toda a história agora.

O planeta foi dominado por alienígenas ou almas, como são chamados, e agora eles controlam todos os seres humanos. Alguns poucos sobreviventes se refugiam buscando escapar deles. Melanie é um deles, mas é inevitavelmente pega e introduzem em seu corpo a alma Peregrina. Mas Melanie é forte e acaba se tornando o obstáculo para Peregrina já que a mesma se recusa a se ver livre da própria mente. Peregrina precisa controlar a mente de Melanie para descobrir onde há mais sobreviventes, mas acaba tendo visões do homem que Melanie ama, Jared, e se vê incapaz de resistir aos desejos do próprio corpo partindo ao seu encontro ou pelo menos tentando.


Na primeira vez em que li o livro achei o começo extremamente confuso e de certa forma chato de acompanhar, mas relendo agora não consigo ter essa mesma opinião, a leitura simplesmente fluiu. E na verdade o livro inteiro é assim. Uma leitura fluída e envolvente. Os personagens são muito bem construídos e trabalhados durante a trama, é perceptível a mudança que alguns deles sofrem ao longo da história. A relação entre a Melanie e a Peg e a forma como ela foi apresentada no livro me agradou muitíssimo. Ao final da leitura consegui me afeiçoar a personagens que não conseguia me imaginar gostando. 

Stephenie Meyer criou uma história original e criativa com um enredo bem escrito que me conquistou desde a primeira leitura. Ela nos mostra as diversas formas de amor e as consequências de cada um deles, provando que muitas vezes a aparência não significa muita coisa e a percepção que temos de corpo e alma pode ser mudada. Um livro distópico com um toque de ficção científica mesclando com romance, aventura e suspense. Incrível!

Um ponto negativo que gostaria de ressaltar é a revisão desse livro que está péssima.Vários erros são encontrados no livro, mas só pra citar um tem uma página em que sinto de segurança é escrito com S. Várias vezes. Meu palpite é que a editora fez uma revisão apressada ao lançar o livro logo após o sucesso da saga Crepúsculo. Espero que o relançamento com a capa do filme tenha passado por uma nova revisão.
Não creio que o livro necessite de uma continuação, não consigo pensar em nada que a autora possa acrescentar a história e espero sinceramente que não tenha um próximo livro. Enfim, A Hospedeira é um livro  recomendadíssimo!

21 comentários:

  1. Estou na parte de achar o livro chato de acompanhar, o livro – pelo menos até a parte que eu parei de ler – é incrível, mas a narrativa está enfadonha e ta difícil retomar a leitura, eu não sei o que vou fazer sobre isso, já que eu gostaria de ler antes de conferir a adaptação, mas não sei, falta poucos dias para a estréia. Mas vou terminar sim de ler o livro, pois gostei da estória que a autora criou e a sua resenha me deu forças para continuar a ler.
    Sobre importâncias

    ResponderExcluir
  2. Oi Natália,

    também tive a mesma ideia que você de ler o livro novamente antes da estreia do filme, que está bem próxima né!
    Eu também gosto muito da história, e acho que a Stephenie Meyer surpreendeu a todos com esse novo universo totalmente diferente da saga Crepúsculo. É muito criativo mesmo.
    Sobre a revisão do livro, também encontrei váarios erros, mas não me lembro desse do cinto de segurança rsrs'
    E olha, sinto dizer, maaas.. tenho uma notícia. Stephenie Meyer já divulgou que terá uma sequência sim, e que inclusive esteve escrevendo durante as filmagens do filme. Alegando que foi assim que teve mais ideias para a continuação. Agora é esperar pra ver no que vai dar!

    Adorei sua resenha Nat.. Bjs!
    http://geek-pop.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. É engraçada essa sensação de mudança quando lemos a mesma obra outra vez. Eu não gosto de repetir leitura. Mas, já aconteceu isso comigo com filmes. :)

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho esse livro desde 2008 e não consigo ler :/ acho o começo UM SACO e não saio da página 60 e pouco. Acho que o maior problema foi ter comprado em inglês - já que só li Twilight em inglês e entendi perfeitamente a escrita da Stephenie, acho que algumas palavras e termos usados nesse são mais difíceis de serem compreendidos.
    Depois da sua resenha fiquei com vontade de tentar novamente e acho que farei isso por conta do filme que já já será lançado e eu me recuso a assistir antes de ler, né haha

    Beijos!

    http://juhclaro.com/blog

    ResponderExcluir
  5. É ja ouvi falar muito desse livro tanto bem quanto mal, e no rim das contas preciso mesmo é lê-lo pra tirar minhas conclusões finais pois as opiniões são diversas lkkkkkkk gostei da resenha vou ver se leio o livro antes de ver o filme ^^

    ResponderExcluir
  6. Quando eu li, eu também achei o inicio bem confuso. Li faz muito tempo, uma das primeiras resenhas do blog, se eu não me engano, mas quero reler agora antes de assistir o filme!

    ResponderExcluir
  7. Oi Naty!
    Eu também achei o início confuso quando li, mas o restante foi tão incrível que eu amei o livro de um modo geral.
    Estou super curiosa pra ver o filme e até pensei em relê-lo pra fazer as comparações, como você, mas nesse momento seria impossível. Vou ter que contar com a memória mesmo hehe!
    Acho muito legal como nossa percepção e compreensão de algo muda com o tempo :)
    Beijão!

    ResponderExcluir
  8. Estou lendo-o neste momento e também até achei ele confuso no início mas depois gostei bastante, e estou adorando, acho que já estou impossibilitada de chorar porque o que eu já chorei..*-*
    beijoss

    ResponderExcluir
  9. Oi Naty!

    Eu queria ter relido antes do filme como você, mas agora tá muito em cima e sei que não vai ser uma boa ideia porque o filme vai ficar passando rápido demais kkkk. Sei disso porque em HP¨terminei a releitura 1 dia antes e foi horriveeeel. Fiquei analisando tudo e não curti.

    Mas poxa que bom que dessa vez fluiu ótimo para você, esse é um dos meus livro favoritos de todos os tempos! Não entendo porque muita gente achou ele devagar no inicio.

    Eu gostei bastante da resenha, ficou super bem escrita e concordo com você que o relacionamento da Melanie e da Peg é muito legal de acompanhar. Ain to morrendo de vontade de reler depois da sua resenha, mas vou em controlar haha.

    Super beijo.

    Brenda Lorrainy
    cataventodedeias.com

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pela resenha Naty! Já li A Hospedeira e confesso não ter gostado. Achei o começo do livro sem pé e sem cabeça e o restante da história, bastante confusa. Beijo!

    ResponderExcluir
  11. Oi Naty!
    Queria ler o livro antes de ver o filme, mas nem vai dar tempo, então acho que vou ver sem ter lido mesmo e depois complemento com a leitura.
    A história parece ser realmente envolvente e bem estruturada, não sei você, mas muita gente diz que a Hospedeira é bem melhor que toda saga Crepúsculo.
    Detesto pegar livros com revisão mal feita, parece que a editora lançou de qualquer jeito.
    Adorei a resenha!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Apesar de todas as críticas que li desse livro até hoje (a maior parte delas vem de pessoas que não gostaram de Crepúsculo e leram esse de mal gosto) eu gostei muito quando li. Ele era um dos meus favoritos, mas, com o tempo, acabei me afeiçoando mais a outros.
    Mas, de qualquer forma, é um livro ótimo e que muita gente não entende. Só sabem dizer que é maçante, com um romancinho sem graça, uma personagem fraca e uma história sem noção. Mas a verdade é que, novamente, Stephenie Meyer foi inovadora. Isso é algo que ninguém pode negar: a mulher tem o dom de aparecer com coisas diferentes cada vez que escreve alguma coisa. E em A Hospedeira ela acertou em cheio. A história das almas e etc é completamente fascinante. Eu me via esperando ansiosamente pelos momentos em que Peg contaria suas histórias na hora no jantar/almoço - já nem lembro mais.
    E a evolução dos personagens é linda também. Principalmente, como você disse, nas relações entre cada um.
    E, sinto lhe decepcionar, mas parece que vai mesmo ser uma trilogia. Stephenie tinha falado disso desde o começo, mas nunca parou para trabalhar nesses livros de novo por conta do sucesso de Crepúsculo, acredito.
    Não tenho nada contra uma continuação - na verdade, acho que seria até interessante. Quem sabe não vemos uma revolução dos humanos vindo por aí, né?

    Beijo!

    ResponderExcluir
  13. Naaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaty, todo mundo quando vai ler fala mal do livro, mas depois ele começa a ser bom. E não nego com tantas resenhas positivas e com o filme já em lançamento, eu não queria ler! Bom, eu também espero que não tenha uma continuação, porque de séries, já estou cansando!

    Beijos, beijos e abraços. www.7hings.com.br, hey te espero lá..!


    ResponderExcluir
  14. Adorei a resenha, logo que tenho o livro, mas como sou um pouco preguiçosa ainda não li. Mas acho que já vou começar.

    ResponderExcluir
  15. Ameeeeeeeei sua resenha amiga, eu tinha medo de ler esse livro e não gostar, mas depois da sua resenha, eu fiquei com muita vontade de ler o livro e ver o filme. Eu estou encantada por esse enredo e pelos personagens!
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Eu gostei muito de A hospedeira. Não consigo reler um livro, mas acho que vou conseguir comparar na hora de ver o filme kkkk
    Achei a temática bem original e diferente de Crepúsculo, tão amado e tão odiado kkkk Também espero que não tenha próximo livro :P

    Beijos
    aritmeticadasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Oi, Naty.
    Nunca li o livro e não tenho nenhuma vontade.
    Tenho visto diversas críticas negativas, o que me desanimou um pouco. E, para a falar a verdade, não gosto tanto da escrita da Sthepanie Meyer.
    Não sou muito fã desse negócio de "almas", "alienígenas", enfim, sobrenaturais.
    É uma pena a editora ter falhado no quesito revisão e, realmente, "sinto" com s eu achei um pouco demais.
    Beijos.

    http://livrosemeninas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Oie Naty
    eu não tinha muita vontade de ler o livro, pois a maioria fala que é cansativo, mas depois do filme bateu uma vontade louca de ler, mas vou esperar um pouco mais.
    bjos

    ResponderExcluir
  19. É interessante como a gente ve coisas novas quando rele um livro, eu gostei dele desde a primeria vez que li, é bem diferente dos livros anteriores, mas li pensando que daria um ótimo filme, e na epoca já observei esses erros que me irritaram bastante.

    ResponderExcluir
  20. Sempre que eu via essa livro o que mais me interessava nele era o preço bem acessível! hehe Não me arrependo de não tê-lo comprado. Depois de ler a resenha percebi que não despertou muito o meu interesse! Quem sabe eu veja o filme e se gostar posso dar uma chance ao livro!

    ResponderExcluir
  21. muito melhor que a saga Crepúsculo- foi o que todas as pessoas que conheço que leram os dois disseram, e eu concordo. Não achei o livro confuso no começo não, a leitura fluiu bem legal,mas acho porque é um tema que eu gosto!!

    ResponderExcluir

Terminou de ler o post? Aproveita para deixar seu comentário, é rapidinho! Os comentários são moderados portanto é necessário aguardar para que ele aparece por aqui. Obrigada!

Copyright © 2015 Just Books | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo