13 junho 2013

Resenha: Como Eu Era Antes de Você - Jojo Moyes

Como Eu Era Antes de Você
Título Original: Me Before You
Autor: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca 

Sinopse: Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro. Como eu era antes de você é uma história de amor e uma história de família, mas acima de tudo é uma história sobre a coragem e o esforço necessários para retomar a vida quando tudo parece acabado.

Resenha: Lou não é uma mulher ambiciosa, aos 26 anos ainda mora na casa dos pais e trabalhou a vida toda como garçonete em um café. Quando esse café fecha as portas Lou se vê obrigada a procurar outro emprego já que precisa ajudar os pais nas despesas de casa. E então ela consegue um emprego como cuidadora do tetraplégico Will Traynor.

Desde que li A Última Carta de Amor me apaixonei pela narrativa da Jojo Moyes e fiquei incrivelmente ansiosa para ler Como Eu Era Antes de Você logo que soube do lançamento. Ao começar a leitura não esperava que o livro fosse mexer tanto comigo a ponto de me deixar em lágrimas.

Will Traynor tem 35 anos e desde o acidente de moto está fadado a viver em uma cadeira de rodas incapaz de fazer qualquer coisa sem ajuda. Vive mal-humorado e desconta toda sua amargura em quem estiver por perto e Lou não sai imune, claro. Encarregada de fazer companhia para Will durante o dia, Lou acaba se perguntando inúmeras vezes se realmente deveria continuar no emprego.

Como Eu Era Antes de você é um livro intenso e completamente apaixonante, Jojo Moyes nos leva a pensar um pouco mais sobre a tetraplegia e refletir sobre as mudanças que isso pode ter na vida de uma pessoa, ainda mais uma tão ativa e esportiva quanto Will. Uma história linda e comovente.

O livro é narrado pela Lou, mas vez ou outra temos a visão de um personagem diferente como a mãe ou o pai de Will o que só enriqueceu ainda mais a narrativa. A Lou foi uma personagem que me conquistou desde o início com todo seu estilo estranho e seu ótimo senso de humor. Já Will me conquistou aos pouquinhos quando soube mostrar que na verdade não era tão casca grossa quanto fazia parecer.

Um livro pra rir e chorar e que irá te tocar profundamente e fará pensar nos personagens muito tempo depois de virar a última página, sensacional! Se tem uma coisa que recomendo a vocês fazerem nesse momento é ler esse livro. Jojo Moyes conseguiu aumentar ainda mais a minha admiração por ela!

22 comentários:

  1. Ai nate, eu meio que tento fugir de livros assim. Ok, drama as vezes é uma coisa ótima, mas, sinceramente, eu tento fazer de tudo para não comprar livros chorantes. Sério. Eles acabam com a minha vida. Não li mais nenhum livro do Nicholas Sparks por causa disso... São tão lindos e tão chorantes ;-; Ai.

    Nati, não seria "A última carta de amor"? Você botou na resenha "A última música" hehheh :p

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha, me falaram que esse livro é muito bom, quero muito ler ele, vou ver se compro. Adorei sua resenha. Beijos
    http://faahsantos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Owwwwwwwwn que resenha linda amiga, eu fiquei completamente encantada por esse enredo e por essa capa. Essa livro é a minha cara! Pode deixar, que já vou anotar na minha lista de próximas leituras! Muito obrigada! ♥♥♥
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. É a primeira vez que leio uma resenha e a sinopse desse livro.Parece muito lindo ! Pela capa eu imaginava uma história bem diferente,mas depois da sua resenha fiquei com vontade de ler o livro.
    Eu sei que é chato falar essas coisas,mas acho que você trocou A Última Música por A Última Carta de Amor; desculpe se eu tiver errada..
    Adorei o lay do seu blog <3
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, é perfeito <3

      Obrigada pelo aviso! Realmente coloquei o título errado hahaha'

      Beijo:*
      Naty.

      Excluir
  5. Ei Naty, A Última Música não é do Nicholas Sparks??
    A capa desse livro é linda!

    Bye da Pah
    Livros Estrelas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siim! Apesar de também indicar A Última Música, ficou errado ali rs' Já corrigi, obrigada!

      Excluir
  6. Naty, amei a resenha. Não tinha lido nada a respeito desse livro ainda e parece ser muito linda a história. Esse enrendo me lembrou o filme "Intocáveis" cuja história é baseada no livro "O último suspiro". Parece ser muito legal, e apesar de chorante como você disse deve ser uma das histórias que nos faz refletir sobre a vida e eu gosto muito de leitura assim.

    Beijão.

    Mari Alencar - http://leitorete.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Ain, Naty, para! Comprei esse livro há pouco tempo, mas ia deixar ele um pouco mais na estante porque tenho outros livros pra ler antes dele, só que com essa sua resenha estou pensando seriamente em furar a fila! Nunca li nada da Jojo, então será minha primeira experiência :D

    Brunna Carolinne - My Favorite Book - @MFBook
    myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. awn deve ser um livro lindo.
    quem sabe eu compre o ebook dele *-*

    ResponderExcluir
  9. Deve ser um livro super lindo! Não sabia muito sobre ele porque ainda não havia lido nenhuma resenha, afinal, não tinha me interessado muito por ele. Mas como você estava falando sobre... Já sabe!
    Agora fiquei mesmo com vontade de ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Oi Nat!
    Eu parei de ler romances, sério hahah. Tipo eu acho bonitinho, mas é que sei lá, romances são sempre tão impossíveis :c

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oie Naty, nossa adorei a resenha, é muito bom quando o livro nos surpreende tão positivamente, conhecia o livro mas ainda não tinha me conquistado.
    Obrigada pela dica !!
    Beijos
    Raíssa Lis
    Flor de Lis - http://florderaissalis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Nati,
    Saudades do teu blog,Não tá dando tempo mais vô continuar te seguindo!
    Sério,essa capa é muito linda! Essa é primeira resenha que eu vejo desse livro e ele parece muito bom , meio que ele me lembra os dramas do Nicholas, que eu adoro,*-* (Podem até ser impossíveis mais sabe?)
    Beijinhos:)

    ResponderExcluir
  13. Ai Naty, acho que eu vou chorar do início ao fim quando ler este livro!!
    Mas é um livro que quero tanto!! Assim como A Última Carta de Amor.
    Linda resenha,

    Bejinhos

    ResponderExcluir
  14. Desde o primeiro livro da autora lançando aqui no Brasil, sinto vontade em ler, ouço muitas resenhas positivas tando do primeiro quando do segundo. Acho que sempre pessoas "vividas" como o cadeirante poderá ensinar grandes coisas, por exemplo, se aceitar numa cadeira da rodas. Acho que você fez de propósito deixou a resenha vaga, está escondendo o melhor do livro não é? Espertinha!

    Beijos, Sete Coisas ..

    ResponderExcluir
  15. Sempre vejo comentários positivos sobre esse livro, mas só havia visto a capa dele (Que realmente é maravilhosa, a Intrínseca sempre tem essa preocupação com as capas dos livros, no final o resultado é ótimo),não tive a oportunidade de ler a sinopse ou ler alguma resenha sobre o livro, então primeiramente não sabia do que se tratava, até ler sua resenha Naty :) e me apaixonar pela história, me identifiquei desde o inicio já que conheço pessoas que passaram o mesmo que o Will, então entendo o fato de que acidentes que causam danos podem afetar as pessoas, e fazer com que elas não sejam sempre as melhores pessoas ou mais simpaticas do mundo, mas vontando a resenha, ainda não tive a oportunidade de ler Jojo Moyes, mas este com certeza será o primeiro que lerei da autora, já não tenho dúvidas de que irei inclui-lo na minha lista de compras literárias. Outro fato positivo que tenho que citar é a narrativa, realmente amo narrativas assim que mostram a visão de outros personagens da histórias, mal posso esperar para conhecer a Lou! Como sempre ótima resenh :)

    Beijos
    (http://voudarumalida.blogspot.com.br/)

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Eu li "A última carta de amor" da autora e gostei bastante. A história desse livro parece ser bem mais pesada e intensa, e devido as diversas resenhas positivas que eu andei lendo, mais a sua, fiquei com vontade de ler.

    ResponderExcluir
  17. Nossa que tocante a sua resenha Natália,você descreveu de uma forma tão simples e ao mesmo tempo tão sedutora que faz com que qualquer leitor vá em uma livraria ou mesmo pela internet e compre o livro imediatamente para lê-lo.
    Eu costumo ler livros que faz com que a pessoa reflita sobre a sua vida e a compare com a vida dos personagens.É esse o objetivo dos livros: construir opiniões!
    Nunca li um livro da Jojo Moyes pelo fato de não poder gastar muito dinheiro em livros,mas por que não dar uma chance para esse livro?!
    "Como Eu Era Antes de você é um livro intenso e completamente apaixonante, Jojo Moyes nos leva a pensar um pouco mais sobre a tetraplegia e refletir sobre as mudanças que isso pode ter na vida de uma pessoa, ainda mais uma tão ativa e esportiva quanto Will. Uma história linda e comovente." Esse comentário seu me faz refletir em ir comprar o livro amanhã mesmo *.*
    Beijokas Natália!!!
    fomesedeevontadedeler.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Naty, eu tô super ansiosa para ler esse livro! *-* A história parece muito com um filme que já vi e que amo, só não lembro o nome. ):

    ResponderExcluir
  19. Meu deus, morri com esse livro!!! Muito bom!! E uma coisa que me deixou intrigada foi a capa, a qual tive um pensamento no início da leitura, mas fiquei com medo de prolonga-lo pois amava muito o Will, e este: ~SPOILER~é uma mulher libertando um pássaro e é exatamente isso que ela faz com o Will. Ela o liberta, o deixa tomar suas próprias decisões, como a qual me fez derreter no 'final' da história. Mais uma coisa: aquele artigo sobre a morte do Will é de cortar o coração :/.

    P.S.: amo seu blog Naty, sempre acompanho :DD

    ResponderExcluir
  20. Esse foi o livro mais triste que já li... É linda a história, mas nunca um livro me fez sentir tão angustiada. Para quem gosta de drama é uma ótima indicação.

    ResponderExcluir

Terminou de ler o post? Aproveita para deixar seu comentário, é rapidinho! Os comentários são moderados portanto é necessário aguardar para que ele aparece por aqui. Obrigada!

Copyright © 2015 Just Books | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo