02 junho 2013

Resenha: Jogador Nº 1 - Ernest Cline

Jogador nº 1
Título Original: Ready Player One
Autor: Ernest Cline
Editora: Leya

Sinopse: O ano é 2044, e o mundo real está numa terrível situação. Como a maioria das pessoas, Wade Watts escapa de sua desanimadora realidade passando horas e horas conectado ao OASIS - uma utopia virtual que permite a seus usuários ser o que eles quiserem, um lugar onde você pode viver e se apaixonar em qualquer um de seus milhares de planetas. E, como a maioria da humanidade, Wade sonha em encontrar o grande prêmio que está escondido nesse mundo virtual. Em algum lugar desse playground gigante, o criador do OASIS escondeu uma série de enigmas que premiará com uma enorme fortuna - e um poder muito grande - aquele que conseguir desvendá-los. Durante anos, milhões de pessoas tentaram, sem sucesso, encontrar esse prêmio. E então Wade encontra o primeiro desafio. De repente, o mundo todo se volta para acompanhar seus passos, e milhares de competidores se unem na busca - entre eles, jogadores poderosos e dispostos a cometer assassinatos para tirar Wade do caminho. Agora, a única maneira de Wade sobreviver e proteger tudo que ele conhece é vencer. Mas, para isso, talvez tenha que deixar para trás sua perfeita existência virtual e encarar a vida - e o amor - no mundo real do qual ele sempre fugiu desesperadamente.

Resenha: Jogador Nº 1 era um livro que não me interessava muito por motivos de: não sei jogar absolutamente nada. Pensava que tratando-se de um livro que tem como assunto principal os vídeo-games não me agradaria. A questão é que eu estava completamente enganada e espero que ninguém cometa o mesmo erro que eu de ter adiado a leitura desse livro.

O ano é de 2044. O mundo está em colapso enfrentando uma grave crise de energia contracenando com fatores como a fome, as guerras, as doenças e a pobreza. Para fugir dessa realidade as pessoas acessam o OASIS, criado por James Halliday, onde podem recriar suas vidas e confraternizar com  pessoas de todo o mundo. A morte de James Halliday torna-se a principal notícia entre a população. Através de um vídeo Halliday desafia o mundo a encontra um grande prêmio que escondeu no mundo virtual e assim herdar toda a sua herança. São três chaves a encontrar e três portais para atravessar até chegar ao grande prêmio e para fazê-lo basta desvendar os enigmas. O mundo entra em polvorosa e todos partem em busca do prêmio só que logo percebem que não será tão fácil. Cinco anos longos anos se passam até que um jogador consiga encontrar a primeira chave, e esse jogador é Wade Watts.

É certo que o livro fala bastante sobre vídeo-games em geral, mas muito mais do que isso o livro trás uma riqueza enorme de referências sobre a década de 80 já que todos buscam saber mais sobre a vida do famoso Halliday querendo pistas para encontrar o prêmio. É incrível a quantidade de referências a livros, músicas, jogos e pessoas da década de 80 e certamente foi uma das melhores coisas do livro.

Depois de Wade - conhecido no OASIS como Parzival - encontrar a primeira chave ele torna-se o centro das atenções. Toda a mídia se volta para ele querendo saber tudo o que for possível sobre a sua busca, acompanhando todos os seus passos. Logo depois dele outros quatro jogadores entram no placar: Art3mis, Aech, Daito e Shoto. Depois de tantos anos a maioria das pessoas já tinham desistido de achar o prêmio entretanto essa nova reviravolta faz com que todos se concentrem novamente na busca.

O livro é narrado em primeira pessoa pelo próprio Wade e podemos acompanhar tudo o que ele faz não só no OASIS como também nas raras vezes em que está na realidade. Ao longo da narrativa percebemos que há pessoas que fariam absolutamente qualquer coisa para chegar ao grande prêmio e o perigo passa a rondar a vida dos jogadores que acham a chave.

É um livro cativante, divertido e viciante carregado de informações e pequenos detalhes que constroem toda essa história complexa. É tanta coisa que poderia contar pra vocês nessa resenha mas vou deixar que leiam por si só e compreendam o quão bom é esse livro. Leitura recomendadíssima! 

8 comentários:

  1. Eu achei que não fosse gostar justamente pelo motivo que eu não jogo videogames. Mas também acabei adorando.

    ResponderExcluir
  2. Oi Natália! A medida do tempo "Jogador Nº1" tem me deixado curiosa, confesso que no início não tinha muita vontade de ler, mas com certeza parece uma obra excelente!
    Acho que gostaria em parte também por que jogo videogames, haha!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  3. Oie Nthy :)
    Pela capa achei que não ia gostar, achei q tratava da bibliografia de algum jogador ou algo assim, mas de futebol! rsrsrsrs sendo de vídeo gabe quero ler, ainda mais depois da tua resenha e outra atè hoje gosto de jogar vídeo game, exclui o facebook ( vicio) mais tenho jogado muito rsrsrs
    Assinatura.
    Beliscões carinhosos da Máh-
    Felicidades nos Livros
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir
  4. Tenho visto alguns comentários sobre "Jogador Nº 1 " até li a sipnose, mas nunca uma resenha sobre o livro pelos mesmos motivos que você Naty, e porque o gênero, não me conquistou "logo de cara", bom ok... estava julgando o livro sem conhecer, já nem pensava inclui-lo entre minhas leituras, até que li sua resenha e me supreendi totalmente. achei que a história ia ser confusa, mas no final como você disse é um livro cativante! consegui me identificar com a história, e sentir aquela vontade de "preciso ler", então depois de tudo isso, já o coloquei entre as próximas compras literárias. Espero mesmo me supreender com a leitura, pois já estou criando altas expectativas.

    http://voudarumalida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. naty vc pode me disser por favor onde vc faz a parceria sei que é com as editoras né claroo, é eu procuro tanto pra fazer uma parceria com alguma editora, é que eu tô certamente de terminar meu blog só falta algumas coisinhas, e sei que a editora meio que cobra a resenha do livro resebido e estou disposto a faser isoo e imagina quem me deu coragem e me deu um espelho quem me deu um insentivo , rsrs fooi vc natália vc que me fez enlouquecer pra entrar no seu blog todo dia vc que me fez eu faser um bolg e um canal no youtube , vc e uns esenplares que me motivaram ha faser essa escolha e tô aqui perguntando a voçe, me dis naty me manda pelo menos uma parceiria para eu completar minha lista e marca voce como meu encentivo no meu blog por favor naty, me diz como é as coisas como parceira das editoras como foi no inicio pra vc ... espero que vc veja isso , há adooreii o livro jogador numero 1 qria muito le esse livro!! emfim deixo esse recado e um grande beeeeijo!!!*

    ResponderExcluir
  6. gooosteeei muitoo do livro leria elle com muuitooo praser !!!!!!! ;)

    ResponderExcluir
  7. Nathy você é a primeir pessoa que me desperta curiosidade pra ler esse livro, rs. Eu não imaginava algo tão complexo e rico assim, achava que se passava mais no mundo virtual mesmo, mas não que tinha uma intriga tão boa.

    Beijos
    www.leitoraincomum.com

    ResponderExcluir
  8. Oii Nathy, eu achei também que era algo relacionado ao futebol ou coisa do tipo, sabe?
    Mais pelo que eu vi parece ser bem legal mesmo esse livro, quero muito ler !

    Beijooos
    se puder visitar meu blog:
    naylanaomi.blogspot.com

    ResponderExcluir

Terminou de ler o post? Aproveita para deixar seu comentário, é rapidinho! Os comentários são moderados portanto é necessário aguardar para que ele aparece por aqui. Obrigada!

Copyright © 2015 Just Books | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo