19 julho 2013

Resenha: O Licor de Dente-de-Leão - Ray Bradbury

O Licor de Dente-de-Leão
Título Original:  Dandelion Wine
Autor: Ray Bradbury
Editora: Bertrand Brasil

Sinopse: Para a maioria das pessoas pode ser óbvio, mas será que elas já se perguntaram se estão realmente vivas? Essa questão é o ponto de partida do memorável romance de Ray Bradbury e o momento que marcou o início do verão de 1928 na vida do protagonista Douglas Spaulding, de doze anos. Na cidadezinha de Green Town, no interior dos Estados Unidos, alguns personagens extraordinários se unem nesse verão tão especial na vida de Douglas: o inventor que redescobriu os prazeres da vida ao construir a Máquina da Felicidade; o jovem repórter que se apaixonou por uma idosa de 95 anos; o contador de histórias que conseguiu falar com o passado telefonando para um lugar distante. 

Resenha: Ray Bradbury é autor do livro Fahrenheit 451. Li esse livro no ano passado e gostei bastante da história e da narrativa então quando fiquei sabendo sobre esse novo lançamento não hesitei em pedi-lo de parceria. 

O Licor de Dente-de-Leão conta sobre o verão de Douglas Spaulding, de 12 anos, no ano de 1928. A história de passa em uma cidadezinha chamada Green Town que possui os mais diferentes moradores. Desde uma avó que faz a melhor comida até um homem que acredita ter criado a Máquina da Felicidade. 

Douglas descobre segredos sobre a vida e a morte, observa o cotidiano de várias pessoas da cidade e nos apresenta sua visão de tudo o que ocorre. A moça mais bonita da cidade, o jornalista apaixonado, o senhor que viaja no tempo e narra acontecimentos do passado, a vendedora de sorvete que jura já ter sido criança um dia, o amigo que parte da cidade e não volta nunca mais; são esses alguns dos personagens da história e Douglas no transmite sua perspectiva. 

Uma narrativa feita sobre um olhar infantil e inocente que nos remete a momentos nostálgicos e lembranças da infância. Um livro que pode ser um pouco fantasioso, mas na verdade não passa de uma imaginação fértil conduzindo os fatos. Douglas mostra ser uma criança inteligente e perceptiva o que só enriquece a narrativa.

Um livro fantástico com uma narrativa que chega a ser poética. Leia esse livro e se sinta parte desse verão mágico que Douglas Spaulding tem a apresentar. 

6 comentários:

  1. Desde que eu terminei Fahrenheit 451 eu quero ler outro livro do autor. Acredito que esse será o próximo!

    ResponderExcluir
  2. Olha amiga, eu nem sabia que esse livro existia, mas tu escreveu um resenha tão linda sobre ele, que me deu até vontade de ler! hahaaha Além disso, a capa é tão linda! *----* Amei a dica! ♥
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Passando para desejar Feliz Dia do Amigo.

    xoxo

    Books & Emotions
    http://books-and-emotions.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Nunca ouvir falar desse livro, mas pela sua resenha, ele parece ser bom!
    Amei a resenha.
    Beijos.
    Capricornizando.

    ResponderExcluir
  5. Ai que demais, deve ser muito bom esse livro. Várias pessoas já leram Fahrenheit 451 e falaram que era um ótimo livro.
    Beijos, Lari

    http://www.bagacodelaranja.com

    ResponderExcluir
  6. Oie -o.o- rsrsrs
    aaah, não conhecia esse livro, gostei da resenha e gosto de livros, infanto-juvenil, quero descobrir essa magia!
    Beliscões carinhosos da Máh-
    Cantinho da Máh
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir

Terminou de ler o post? Aproveita para deixar seu comentário, é rapidinho! Os comentários são moderados portanto é necessário aguardar para que ele aparece por aqui. Obrigada!

Copyright © 2015 Just Books | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo