08 fevereiro 2014

Resenha: Fator Nerd, Contatos Imediatos do 1º Amor - Andy Robb

Fator Nerd: Contatos Imediatos do 1º Amor
Título Original: Geekhood: Close Encounters of the Girl Kind
Autor: Andy Robb 
Editora: Galera Record


Sinopse: Audaciosamente indo aonde nenhum homem jamais esteve. Principalmente se o terreno inexplorado for a linda gótica transferida para a escola de Archie. Aos 14 anos, tudo o que esse nerd assumido quer é transcender. Leia-se abandonar as sextas-feiras perdidas em Noites de Jogo com os amigos Ravi, Beggs e Matt e se entregar aos prazeres mais mundanos com Sarah. Mas há alguns orcs o separando de seu Um Anel. E, pelo visto, nenhum inseto radioativo está disponível para transformá-lo num super-herói.


Resenha: Assim que soube do lançamento desse livro pela Galera Record fiquei com vontade de ler. Primeiramente pela capa que chamou atenção e em seguida pelo conteúdo. Sempre simpatizo com livro onde há personagens denominados nerds. Talvez por me identificar terrivelmente com a falta de desenvoltura social e as reclusões desses personagens.

Archie é um nerd, passa as noites de sexta-feira jogando com seus amigos Ravi, Beggs e Matt. No entanto depois de conhecer Sarah, a linda garota gótica, ele decide que está na hora de abandonar esse mundo isolado em que vive e se entregar aos verdadeiros prazeres mundanos. Ao longo da narrativa, feita em primeira pessoa, acompanhamos uma batalha entre o MI (Monólogo Interno) e o ME (Monólogo Externo) de Archie. O MI é aquilo que ele pensa, mas não diz e ME é aquilo que ele habilmente considera sensato de dizer para agradar aos outros. No início pode ser um pouco irritante de ler o MI e o ME mas aos poucos você se acostuma e acaba percebendo que em certas situações provavelmente age como o Archie.

Com pais separados, uma nova casa e um padrasto imbecil - nas palavras de Archie - para se acostumar é Sarah quem o ajuda a encontrar a solução para os seus problemas. Em busca de seu Eu Psíquico ele começa a remover de sua vida tudo aquilo que ele acredita o tornar um nerd e faz de tudo para agradar a linda garota que conheceu. Mas não é fácil quando tem que se encarar um brutamontes como Jason que assim como ele se deixou encantar por Sarah.

Uma das coisas mais gostosas ao ler um livro desses é captar as diversas referências a cultura pop em geral que estão contidas nos livros. Harry Potter, Senhor dos Anéis, Star Wars e Dungeons & Dragons são algumas das referências citadas e é o máximo quando consigo reconhecer alguma cena ou fala referida.

Archie é um personagem meio bobo, mas ao mesmo tempo é inteligente, sagaz e apto perceber os próprios erros que comete. O autor aborda, além do universo do primeiro amor e as amizades, a questão familiar. Adorei o modo como o relacionamento entre Archie/mãe e Archei/pai e Archie/padrasto foi apresentada e trabalhada no livro. O autor não poderia ter finalizado a história de uma maneira que me agradasse mais. Recentemente fiquei sabendo que Fator Nerd trata-se do primeiro livro de uma série portanto só posso aguardar para conferir novamente a narrativa incrível de Andy Robb.



12 comentários:

  1. Também simpatizo com os personagens nerds (talvez por ter um pé nessa categoria! rs) e achei muito legal a história ser recheada de ícones da cultura pop.
    A personalidade do personagem é um pouco típica, se é que posso dizer assim, mas isso não me incomoda em nada.
    Não sei se compraria o livro, mas se tivesse a oportunidade de ler, faria isso sem pensar duas vezes!
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Que divertido, também amo livros que tenham personagens assim, princialmente por causa das referências, haha, Mesmo sendo série, adoraria começar a leitura :D

    Beijos
    aritmeticadasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Naty!
    Quando vi esse livro fiquei com tanta vontade de lê-lo! *-* Acho que pelo mesmo motivo que você. Também gosto de livros com nerds. Outra coisa de que gostei foi das referências.

    ResponderExcluir
  4. Oi Naty
    Foi a primeira resenha que li deste livro , confesso que não tinha muito interesse nele , mas parece que sua resenha me fez ver este livro com outros olhos , pretendo dar uma chance pra ele.
    bjs

    ResponderExcluir
  5. O livro parece ser bem legal. Gostei bastante da ideia do MI e o ME, eu provavelmente uso muito isso no meu dia-a-dia haha. Não é uma prioridade de leitura, mas se um dia o livro aparecer eu vou querer conferir a história.

    ResponderExcluir
  6. Gostei da resenha Naty. O livro parece ser bem descontraído e aprecio bastante encontrar referências atuais em uma obra literária. A capa é bem descolada também. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  7. Ah, achei uma fofura a sua resenha sobre o livro. Fiqwue até com vontade de ler, porque adoro livros com essa preocuoação com o universo geek e os conflitos da adolescência. Adorei seu blog!
    Beijo

    Aline www.letrasdesonho.com.br

    ResponderExcluir
  8. Adoro esse tipo de livro também, Natália, e vc disse algo sobre ele que me deixou muito interessada: as referências da cultura pop! Tenho certeza que é uma ótima leitura! Além disso, acho que o autor ganha muitos pontos também por ser mega atencioso no Twitter..já vi ele respondendo e agradecendo várias resenhas da galera brazuca! :D

    Beijos!
    Lygia - Brincando com Livros

    ResponderExcluir
  9. Ah eu quero muito ler esse livro :) Parece ser incrivel <3

    ResponderExcluir
  10. Estou tão feliz que você tenha gostado - e obrigado por uma revisão tão pensativo! Espero que você aproveite a sequela tanto!

    ResponderExcluir
  11. Oi Natália!

    Através do seu comentário, vim conhecer o seu blog também. Achei esse livro mega fofo, não conhecia ainda! Eu ainda não li nada nesse estilo, meio nerd, mas a capa me lembrou meus tempos de nintendo! haha

    Bjs!

    ResponderExcluir
  12. Estou mega curiosa com esse livro, primeiro que ele é mega fofinho segundo que ele cita LIVROS (ce tendeu ne '-').


    xx

    ResponderExcluir

Terminou de ler o post? Aproveita para deixar seu comentário, é rapidinho! Os comentários são moderados portanto é necessário aguardar para que ele aparece por aqui. Obrigada!

Copyright © 2015 Just Books | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo