21 fevereiro 2014

Resenha: A Garota Que Vou Deixou Para Trás - Jojo Moyes

A Garota Que Você Deixou Para TrásTítulo Original:  The Girl You Left Behind
Autor: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca

Sinopse: Durante a Primeira Guerra Mundial, o jovem pintor francês Édouard Lefèvre é obrigado a se separar de sua esposa, Sophie, para lutar no front. Vivendo com os irmãos e os sobrinhos em sua pequena cidade natal, agora ocupada pelos soldados alemães, Sophie apega-se às lembranças do marido admirando um retrato seu pintado por Édouard. Quando o quadro chama a atenção do novo comandante alemão, Sophie arrisca tudo — a família, a reputação e a vida — na esperança de rever Édouard, agora prisioneiro de guerra. Quase um século depois, na Londres dos anos 2000, a jovem viúva Liv Halston mora sozinha numa moderna casa com paredes de vidro. Ocupando lugar de destaque, um retrato de uma bela jovem, presente do seu marido pouco antes de sua morte prematura, a mantém ligada ao passado. Quando Liv finalmente parece disposta a voltar à vida, um encontro inesperado vai revelar o verdadeiro valor daquela pintura e sua tumultuada trajetória. Ao mergulhar na história da garota do quadro, Liv vê, mais uma vez, sua própria vida virar de cabeça para baixo. Tecido com habilidade, A garota que você deixou para trás alterna momentos tristes e alegres, sem descuidar dos meandros das grandes histórias de amor e da delicadeza dos finais felizes.

Resenha: A Garota Que Você Deixou Para Trás se passa em dois momentos diferentes. Primeiramente conhecemos a história de Sophie Lefévre que vive com seus dois irmãos, Aurélin e Hélene, enquanto seu marido, o pintor Édouard, é obrigado a servir durante a Primeira Guerra Mundial. Um quadro de Sophie pintado pelo próprio Édouard fica exposto no restaurante da família e é uma das poucas coisas que os alemães ainda não levaram e pode ser a chave para tirar Édouard do campo de prisioneiros onde foi parar. Paralelamente conhecemos a história de Liv, uma mulher que ainda sofre pela perda do marido e agora, quase 100 anos depois, possui a posse do quadro intitulado de A Garota Que Você Deixou Para Trás. Acontece que a família Lefévre o que de volta e Liv precisa lutar na justiça para permanecer com o quadro que seu marido lhe presenteou no dia do casamento. 

É incrível como Jojo Moyes consegue nos transportar completamente para dentro do livro nos envolvendo, mais uma vez, com uma história emocionante e cheia de entrelaces que fazem o leitor virar as páginas ávido por mais. Os personagens são fantásticos. É fácil se afeiçoar a cada um deles e torcer profundamente para que as coisas deem certo. Até mesmo os personagens secundários deixam sua marca e nos faz desejar conhecer um pouco mais sobre cada um.

A leitura desse livro não fluiu com grande facilidade. As primeiras páginas, por exemplo, foram lidas em um ritmo lento e atribuo isso a carga emocional que ele transpassa, especialmente nos momentos em que acompanhamos a história de Sophie e todas as dificuldades pelas quais é obrigada a passar durante a Primeira Guerra Mundial. O romance está incluso e é indiscutível a capacidade de Jojo Moyes de os construir com graça e destreza.

O livro contém alguns erros de revisão, como por exemplo a troca de nomes (por duas vezes a Liv é citada como Liz) além de outros errinhos, mas nada que atrapalhe a leitura do livro.

A Garota Que Você Deixou Para Trás é aquele livro cujo personagens permanecem na memória mesmo depois de fechada a última página. Uma história surpreendente com um final admirável e que merece ser lido e recomendado. 


9 comentários:

  1. Como diz minha amiga, "preciso para viver" amei a resenha, fiquei com muita vontade de ler, eu só li Como eu era antes de você dessa autora e passei semanas sem conseguir tirar os personagens da cabeça, e pelo visto com esse não será diferente. Amo livro que tenham como pano de fundo a 1ª ou 2ª guerra, e apesar desse se passar em dois momentos da história sei que vai me emocionar. Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi Naty!
    Eu, particularmente, acho a escrita da Jojo maravilhosa e tocante... Li dois de seus livros lançados e ela já deixou uma marca no meu histórico de leitura. Com certeza vou querer conferir esse também! Adorei a resenha (:
    Beijos, Lis.

    ResponderExcluir
  3. Estou doida por esse livro, muito pela história, mas ainda mais pela narrativa e capacidade da autora. Fiquei ainda mais animada depois de saber que o final é bom, que vale a pena.
    Só acho chato a editora publicar um livro com erros como esses. Numa situação dessas, o leitor acaba dispersando e saindo do clima da história.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Estou ficando cada vez mais curiosa para ler os livros da Jojo Moyes, pois vejo sempre histórias bonitas e boas criticas, Além de capas maravilhosas e que seguem o mesmo padrão.
    Entretanto, este livro me lembrou um pouco de "As Violetas de Março", mas ainda sim quero lê lo.
    Gostei da sua resenha, deu para ter uma boa noção do que se trata o livro.

    Beijos,
    Gabriella Suzart
    http://mbgsuzart1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha! Já ouvi falar do livro e gostei de outras resenhas que li. muito bom.

    ResponderExcluir
  6. Jojo é diva! Impossível não se emocionar com os livros dela.
    Já vi que com esse não será diferente...
    Sua resenha está muito clara e objetiva, sem nos revelar demais! Parabéns!
    Beijos,
    Nica

    Drafts da Nica
    http://www.draftsdanica.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Eu só li o primeiro dela publicado por aqui e tenho o segundo na estante esperando a vez. Já tenho vontade de ler esse, estou bastante curiosa pra conhecer a história, principalmente da Sophie.

    ResponderExcluir
  8. Oi Naty
    Estava doida para saber sua opinião sobre este livro porque li uma critica negativa e estava meio desanimada para ler mas você me deu um novo animo e quero ler este livro muito em breve,obrigado.
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi Natália, todos comentam sobre as emoções que rolam durante a leitura do livro. Espero ler também.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Terminou de ler o post? Aproveita para deixar seu comentário, é rapidinho! Os comentários são moderados portanto é necessário aguardar para que ele aparece por aqui. Obrigada!

Copyright © 2015 Just Books | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo