17 abril 2014

Resenha: Colin Fischer - Ashley Miller e Zack Stentz

Colin Fischer
Título Original: Colin Fischer 
Autor: Ashley Edward Miller e Zack Stentz
Editora: Novo Conceito

Sinopse: Resolvendo o crime. Uma expressão facial por vez. O ano letivo de Colin Fischer acabou de começar. Ele tem cartões de memorização com expressões faciais legendadas, um desconcertante conhecimento sobre genética e cinema clássico e um caderno surrado e cheio de orelhas, que usa para registrar suas experiências com a MUITO INTERESSANTE população local. Quando um revólver dispara na cantina, interrompendo a festinha de aniversário de uma das garotas, Colin é o único que pode investigar o caso. Está em suas mãos provar que não foi Wayne Connelly, justamente aquele que mais o atormenta, que trouxe a arma para a escola. Afinal de contas, a arma estava suja de glacê, e Wayne não estava com os dedos sujos de glacê…


Resenha: Colin Fischer é um garoto de 14 anos que possui síndrome de Aspenger, uma condição ligada ao autismo. Entre as características dessa síndrome estão a falta de habilidades e interação social e pouca tolerância ao barulho. Colin também odeia a cor azul e não suporta que as pessoas toquem nele ao menos que o avisem antes.

Quando iniciei a leitura do livro logo imaginei que fosse ser uma história clichê e cheia de esteriótipos no entanto ela acabou se revelando muito mais do que isso. Os autores, Asheley e Zack conseguiram retratar com precisão a realidade de um pessoa com síndrome de Aspenger e incluir na história uma trama leve e com ótimos desencadeamentos e um sutil toque de suspense. 

O livro giro em torno da arma que foi disparada na cantina da escola durante o aniversário de uma aluna. O acusado de dispará-la é Wayne Connelly, mas Colin tem certeza que não foi ele e busca provar sua inocência mesmo ele sendo um dos garotos que o perturbam constantemente.

É fácil de divertir com Colin e sua maneira peculiar de agir e falar. Ele frequentemente diz coisas inoportunas o que pode ser desconfortável para algumas pessoas mas ele mesmo não consegue ter consciência disso. 

Cada início de capítulo contém algum tipo de informação científica ou cultural que possui relação com os acontecimentos do livro e gostei bastante. Além disso as notas de rodapé são bem frequentes complementando a história. Eu particularmente não sou muito fã de ler notas de rodapé porque sempre acho que elas quebram o ritmo de leitura mas estou começando a me acostumar com elas.

O livro traz uma leitura rápida um desfecho ótimo que deixa em aberto um gancho para um próximo livro que certamente gostaria de ler.

19 comentários:

  1. Oi!

    Pela minha leitura super rápida da sinopse eu pensei também que fosse uma história bem clichê. Fico feliz em saber que os autores conseguiram ir além disso e proporcionar uma história legal. Não é minha prioridade de leitura, mas vou deixar na minha estante. Um dia eu leio!

    ResponderExcluir
  2. Oi, eu gostaria muito de ler esse livro, achei ele muito interessante, gosto bastante de livros com personagens inteligentes, e acho que com, Colin, podemos aprender muito com ele.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Naty!
    Super interessante esse livro. Fiquei encantada. <3

    Abraços.
    http://musicaselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Aaah quero muito ler agora!
    Fiz um trabalho a pouco com uma síndrome parecida com a síndrome de Aspenger para a faculdade. E sou muito interessada pela área!
    Fiquei agora querendo ler o livro! ^^

    ResponderExcluir
  5. O livro parece ser bem interessante, o tema principalmente. Achei essa capa bem estranha mas pelo jeito ela traz um pouco da trama.
    Amei a resenha :D
    Beijos
    Guilherme - http://leituraforadeserie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi! Td bom?
    Eu fiquei maravilhada com essa capa, linda! A história me lembrou O Projeto Rosie, que o personagem também é diferente. Ri muito com as peculiaridades sociais do Don e imagino que esse livro também traga isso. Fiquei na vontade ;)

    Beijão!
    Arrastando as Alpargatas

    ResponderExcluir
  7. Oi, Natália!

    Eu achei bem legal a capa desse livro. Sua resenha é a primeira que leio sobre ele. Que bom que gostou da leitura. Nossa, será que terá um próximo livro?

    Beijos.
    Amanda,
    Lendo & Comentando
    :)

    ResponderExcluir
  8. Ei, Naty!

    Só eu não estou tão animada para ler Colin? Dei uma folheada e não curti muito a narrativa, estou pensando até em trocar... Não faz o meu tipo de livro \:

    Beijão,

    Natalia Leal
    Páginas Encantadas
    http://www.paginas-encantadas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Foi muito bom ver a resenha desse livro por aqui, estava curiosa para saber mais do que se trata a história.
    Ao ler a sinopse, uma das coisas que mais me agradou, foi o suspense que gira em torno do enredo. Adoro suspense, então foi algo que me chamou bastante atenção. E

    ResponderExcluir
  10. oie Naty
    não tinha me atentado para a sinopse do livro, e nem pra condição especial do protagonista. Achei que seria mais uma comédia infanto juvenil. Quero ler.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  11. A primeira vez que li a sinopse do livro foi aqu no seu blog e confesso que adorei <3.
    O livro parece ser bem original e interessante, a capa é linda e eu fiquei curiosa pela síndrome do protagonista!

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Natália, tudo bem ?
    O livro parece ser uma história diferente né? Fiquei curiosa.
    Tem algo pra vc la no meu blog, uma tag onde eu te indiquei. Quando puder passa lá.

    Beijos, Ivana
    http://omundinhoderebecca.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Nati, tudo bom?
    Ultimamente tem saído muitos livros com essa pegada e gosto bastante de acompanhar nas histórias. Me lembrou um pouco de O Projeto Rosie por causa do personagem falar coisas inconvenientes. Só tenho lido resenhas positivas desse livro e espero lê-lo em breve.
    Achei que apenas eu não curtia novas de rodapé.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Ótima resenha!! Me interessei por muito pelo livro!
    É um tema pouco falado, que deveria ser mais abrangente para a literatura jovem!
    Estou realmente curiosa na forma como os fatos, de um tema tão delicado, foi abordado!
    Com certeza lerei!
    Beijoss!
    Se interessar dê uma passadinha no meu blog! Iniciei ele oficialmente hoje rsrs!!
    http://entremundoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Naty,
    Adorei sua resenha!
    Não tinha visto ainda nenhuma opinião sobre a obra e gostei bastante da premissa. Inserir um personagem peculiar em uma situação um tanto quanto inusitada parece ótimo!
    Espero lê-lo em breve!
    Beijos,
    Ká Andrade
    http://teens-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Achei a capa bem feinha e pouco chamativa... hahahahaha
    mas a sinopse parece interessante, como dizem não é bom julgar o livro pela capa né verdade...

    ResponderExcluir
  17. Não tinha lido nada sobre esse livro ainda e achei super interessante!
    Que bom que os autores não falaram da síndrome de forma clichê! Vou ler quando tiver oportunidade!

    ResponderExcluir
  18. Achei muito interessante a história desse livro, e não imaginava que se tratava disso. Pensava outra coisa completamente diferente. Bem clichê como você mesma falou. Fiquei mais interessada do que já estava sobre esse livro. kkk

    Enfim, espero ter a oportunidade de o ler em breve.

    ResponderExcluir
  19. É tão incrível o fato de ser um personagem com a síndrome de asperger e de ter todo esse suspense e esse mistério no livro <3 Fiquei totalmente apaixonada.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Terminou de ler o post? Aproveita para deixar seu comentário, é rapidinho! Os comentários são moderados portanto é necessário aguardar para que ele aparece por aqui. Obrigada!

Copyright © 2015 Just Books | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo