26 maio 2014

Resenha: Liberta-me - Tahereh Mafi

Título Original: Unravel me
Autor: Tahereh Mafi
Editora: Novo Conceito

Sinopse: Liberta-me é o segundo livro da trilogia de Tahereh Mafi. Se no primeiro, Estilhaça-me, importava garantir a sobrevivência e fugir das atrocidades do Restabelecimento, em Liberta-me é possível sentir toda a sensibilidade e tristeza que emanam do coração da heroína, Juliette. Abandonada à própria sorte, impossibilitada de tocar qualquer ser humano, Juliette vai procurar entender os movimentos de seu coração, a maneira como seus sentimentos se confundem e até onde ela pode realmente ir para ter o controle de sua própria vida. Uma metáfora para a vida de jovens de todas as idades que também enfrentam uma espécie de distopia moderna, em que dúvidas e medos caminham lado a lado com a esperança, o desejo e o amor. A bela escrita de Tahereh Mafi está de volta ainda mais vigorosa e extasiante.

Resenha: Liberta-me, segundo livro da trilogia Estilhaça-me, revela ser um livro ainda melhor que o primeiro. Nessa sequência entendemos melhor como funciona o Ponto Ômega e depois de descobrir que ela não é a única pessoa que possui poderes precisa treinar e desenvolver melhor suas habilidades. Por ser tão poderosa Juliette acaba se sentindo deslocada naquele ambiente onde boa parte das pessoas sussurram a seu respeito e buscam manter distância. 

Temos o desenvolvimento de personagens importantes que não tiveram tanto destaque no primeiro livro. Gostei muito de ver como a autora trabalhou melhor o personagem Warner, revelando muitos de seus segredos e suas motivações e me fazendo gostar ainda mais dele.. James, irmão de Adam, se mostra mais presente e foi interessante a autora ter inserido uma dose de inocência infantil em meio a tanto caos. Além deles também temos uma participação mais ativa de Kenji que acaba tornando-se um grande amigo além de estar sempre pronto para amenizar o clima pesado ou desconfortável em diversas situações e o melhor de tudo: sempre disposto a dar a bronca que eu gostaria de dar em Juliette.

Em Estilhaça-me somos apresentados a protagonista e seu passado, conhecemos um pouco mais sobre O Restabelecimento e temos um foque maior no romance ao passo que Liberta-me, apesar de ainda ter a abordagem do romance com a formação de um triângulo amoroso, conta com cenas de ação muito bem descrita e a questão da luta contra o governo, característica de livros distópicos, desenrola-se ao longo da trama.

A melhor coisa nos livros da Tahereh Mafi continua sendo sua narrativa que possui certa singularidade. Apesar de não estar tão presente quanto no livro anterior temos a repetição de palavras e sentenças riscadas indicando pensamentos ocultos ou que Juliette gostaria de não expressar. A narração é feita em primeira pessoa e é carregada de metáforas e analogias além de, gradativamente, mostrar a evolução da protagonista.

Creio que o rumo que a história leva nessa segundo livro pode ser frustrante para alguns leitores mas foi extremamente prazeroso para mim. Liberta-me definitivamente provou ser melhor que o primeiro livro e conseguiu inflar minha curiosidade para saber qual desfecho a autora reservou para essa história.

5 comentários:

  1. Oi, Natália, tudo bem?

    Estou bem curiosa para conhecer essa série. Tenho os dois primeiros livros aqui em casa, mas ainda não comecei. Bom saber que os livros o nível da série se mantém ao longo dos livros. E essa nova capa ficou linda =)

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Naty,

    Estou curiosa para conhecer a trilogia, que vem sido muito bem falada por ai! Espero poder ler os livros logo, logo <3

    Beijos,
    Ká Andrade
    http://teens-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela resenha Naty! Estou ansiosa para ler Estilhaça-me, Liberta-me e Incendeia-me! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Nati, tudo bom?
    Eu só tenho o primeiro livro da série, mas pretendo ler a série toda. Tento não saber muito sobre a narrativa para não ficar imaginando coisas antes da leitura. Tenho boas expectativas porque recebo muitas recomendações dos meus amigos e dos blogueiros também.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei bastante de Liberta-me. Não sei se eu diria que é melhor que o primeiro, mas isso é porque eu não lembro muito bem do primeiro... Enfim, acho que o desenvolvimento da narrativa foi muito bom e Kenji se tornou um dos meus personagens favoritos. Acho que vou aproveitar as férias e reler os dois primeiros para então ler o último livro!

    ResponderExcluir

Terminou de ler o post? Aproveita para deixar seu comentário, é rapidinho! Os comentários são moderados portanto é necessário aguardar para que ele aparece por aqui. Obrigada!

Copyright © 2015 Just Books | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo